Notícia
03/03/2020 04:03
Seletiva de Canoagem Slalom no Rio definirá os atletas que representarão o Brasil em 2020
A competição reunirá os 40 melhores atletas do país na modalidade, a disputa irá acontecer entre os dias 05 a 09 de março
Semana decisiva para 40 canoístas da Canoagem Slalom, entre os dias 05 a 09 de março no Parque Radical de Deodoro no Rio de Janeiro acontece a Seletiva Nacional da modalidade. O evento irá definir quem serão os atletas representantes do Brasil em competições internacionais neste ano que contará com oito disputas: Campeonato Pan-americano, cinco etapas da Copa do Mundo, Jogos Olímpicos Tóquio 2020 e o Mundial Júnior & Sub-23.
 
No K1 Masculino haverá a definição do atleta que irá para Tóquio, Pedro Gonçalves sai na frente por ter conquistado a vaga olímpica no Mundial no ano passado. Mas apesar do favoritismo o atleta coloca os pés no chão e diz que só ficará tranquilo com a vaga 100% na sua mão.
 
“A seletiva sempre é muito difícil, vários dias varias variáveis, não tem favorito. O meu desafio é estar 100% todos os dias, conseguir ir bem todos os dias e colocar o meu melhor na água, vários dias várias provas e colocar a cabeça em ordem é o principal”, diz.
 
Pelo C1 Masculino ainda é necessário buscar a última oportunidade para carimbar o passaporte para os Jogos Olímpicos, essa chance será no Campeonato Pan-americano no mês que vem também no Rio. Mas o atleta da categoria que for melhor na seletiva já sai na frente. Entre os principais nomes estão Felipe Borges e Charles Corrêa, ambos estão treinando no Parque Radical de Deodoro desde dezembro do ano passado em um ritmo intenso de treinos, para eles, a seletiva servirá de combustível para buscar a última chance de obterem a vaga para Tóquio.
 
“Vai ser muito importante pra eu entrar no clima competitivo novamente, vai ser a primeira competição do ano e vale pontos para a vaga olímpica, meu primeiro objetivo é ganhar a seletiva e ser o melhor barco do Brasil depois vamos ter mais um mês pra preparar o Pan-americano, um passo de cada vez”, comenta Charles.
 
Entre as mulheres Ana Sátila já está garantida como representante do Brasil tanto no C1 quanto no K1. Mas as atletas buscam saber quem irá defender o Brasil nas outras competições do ano. Marina Souza e Omira Estácia irão buscar bons resultados, para elas também vale a oportunidade de continuar os treinamentos em Deodoro.
 
“Eu estou num período de treinos muito bom, treinar com toda a equipe (atletas e técnicos) e toda estrutura oferecida pelo Parque Radical de Deodoro e pelo time Brasil é incrível, faz total diferença no desempenho dos atletas”, explica.
 
As regras gerais de pontuação da Seletiva Nacional estão disponíveis na Circular 005/2020 que é uma retificação da Circular 049/2019, ela pode ser acessada clicando aqui.
 
Para Denis Terezani, supervisor da Canoagem Slalom, a disputa é muito importante para fazer de uma forma democrática a disputa de quem competirá internacionalmente, ele destaca principalmente a utilização do canal olímpico construído para o Rio 2016.
 
“As Seletivas Nacionais de 2020 reúnem os melhores atletas do ranking de 2019 e o fato de retornarmos as atividades no Parque Radical de Deodoro, demonstra que o modo legado está em atividade, sendo uma enorme conquista para a Canoagem Slalom do Brasil”, diz.
 

Os treinos oficiais começaram no último sábado (29), na próxima quinta-feira (05), acontecerá a aprovação da pista e a descida dos forerunners e também haverá o primeiro dia de competição. Na sexta-feira (06) haverá uma pausa, retornam no sábado (07) com a II Etapa de Provas, no domingo (08) acontece a III Etapa de Provas. O cronograma completo você pode acessar clicando aqui.












Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus