Notícia
23/02/2016 00:02
Primeira etapa do Circuito Brasileiro de Canoagem Oceânica movimenta Angra dos Reis
Cerca de noventa atletas participaram da provas de Maratona Oceânica e Ocean Sprint
A Vila Histórica de Mambucaba, em Angra dos Reis, esteve movimentada no último final de semana. A praia do litoral sul do Rio de Janeiro, foi o cenário de duas competições da Canoagem Oceânica: a prova Maratona e o desafio Ocean Sprint.
 
A competição de Maratona, que ocorreu no sábado (20/02), teve um percurso de 16,5km e premiou os três primeiros atletas individuais masculinos, femininos e duplos.
 
Os primeiros a finalizarem a prova, em 1h20’’17, foi a dupla Sênior formada por Claudio Zsigmond e Fernando Ramos Barbosa. As duplas que levaram o 2o e 3o lugar no ranking geral foram Robson Ramalho Gomes da Silva e Michel Correia de Lima (1h21’’20) e Hiel Gesã Peres de Queiroz e Humberto Nepomuceno Sant'Ana (1h23’’22).
 
Já no individual, o primeiro lugar ficou em família. Luiz Wagner Pecoraro venceu o masculino com 1h22’’21 e a mãe, Carmen Lúcia da Silva, liderou a prova feminina e terminou em 1h’35’’01.
 
“Eu já remo há muito anos e competir aqui no quintal de casa é ainda mais fácil. É como se fosse um treino, pois pratico todos os dias. A canoagem é a minha vida”, comemora a canoísta.
 
No pódio do Individual Masculino Geral subiram ainda Gabriel Pereira Monteiro de Oliveira (1h’24’’34) e João Pedro Schiavinato da Silva (1h26’’19). E no Feminino, Rayssa Corrêa Silva (1h38’’50) e Rafaela Nascimento (1h43’’13) completaram o 2o e 3o lugar, respectivamente.
 
Além de somar pontos para o ranking nacional, a Maratona marcou o início do novo regulamento da Canoagem Oceânica, que extinguiu a competição por classes de embarcações e agora possui somente a divisão Individual e Duplos.
 
No domingo (21/02), foi a vez do Ocean Sprint. Com uma proposta mais dinâmica, o desafio teve um percurso triangular de aproximadamente 600 metros, com largada e chegada no mesmo local, na areia.
 
Carmem Lúcia da Silva, repetiu o pódio na categoria Feminina. Apesar de virar a embarcação durante a prova, a atleta alcançou Viviane Vaz dos Santos, que liderava a prova. Viviane chegou alguns segundos na frente, mas na corrida para a areia, esqueceu de pegar o remo e o atraso rendeu o terceiro lugar. Rayssa Corrêa também virou o Surfski no início do desafio, mas conquistou o 2o lugar.
 
“Eu consegui manter a liderança a prova toda, mas esse erro no final acabou me atrapalhado. De qualquer forma, eu estou muito feliz com a conquista e de estar no pódio com a Carmen, que eu admiro muito, e a Rayssa, que me apresentou a Canoagem Oceânica”, comenta Viviane.

 
Entre os homens, José Marcos Mendes Filho foi vencedor da categoria Sênior, seguido por Vinicius Berlofi Zeidan e Luiz Wagner Pecoraro.
 
“Eu foquei em chegar na primeira boia em primeiro, para evitar o tumulto e consegui manter essa liderança. Foi uma prova bem dura, eu cheguei bem cansado, mas valeu a pena”, comemorou José Marcos.
 
O desafio premiou ainda Maycon Lucena Assipal, Bruno Gome e Denis Sander na categoria Junior e Marcelo Faro Pompeu, Paulo Sérgio Docek Moté e Hiel Gesã Peres de Queiroz na catergoria Master.

Resultados completos em: http://www.canoagem.org.br/evento/resultados/eventos_id/870











Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus