Notícia
14/12/2013 19:17
Favoritos garantem o ouro nos 500 metros
Principais nomes da Canoagem Brasileira voltam a competir neste domingo, nos 200 metros, com transmissão ao vivo no SPORTV
Os principais nomes da Canoagem Velocidade e Paracanoagem garantiram neste sábado (14) a medalha de ouro em suas provas nos 500 metros do Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2013, evento que termina amanhã na Raia de Canoagem e Remo do CEPEUSP, em São Paulo. Neste domingo (15), estão marcadas as provas de 200 metros, oportunidade para acompanhar ao vivo no SPORTV as disputas com os campeões mundiais Fernando Fernandes, Isaquias Queiroz e Caio Ribeiro, além de muitos outros atletas de destaque internacional. As provas televisionadas serão transmitidas entre às 11h30 e 12h30.
 
Nas provas de 500 metros, disputadas neste sábado, nomes como Luis Carlos Cardoso, Tamara Oliveira, Caio Ribeiro, medalhistas em campeonatos mundiais na Paracanoagem; Ana Paula Vergutz, Gilvan Ribeiro, Givago Ribeiro, Ariela Pinto, Mayara Pereira, Bruna Gama, Beatriz Vergutz, Cinara Camargo no caiaque;  Valdenice Conceição e Angela Elias da Silva, o campeão mundial Isaquias Queiroz e Davi Luz de Oliveira  na canoa sacramentaram o favoritismo esperado em suas provas e garantiram o primeiro lugar nas provas categoria Sênior do Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem.
 
Além de atletas consagrados com resultados internacionais, este sábado também revelou novos talentos para a Canoagem Velocidade. Elian Conceição garantiu o ouro no C1 Masculino Menor; Gilmar Santos Jr no K1 Masculino Cadete; Larissa Oliveira no K1 Feminino Júnior; Bruna dos Santos no K1 Feminino Cadete; Daniel Silveira no K1 Masculino Infantil; Emilly Schellworth no K1 Feminino Menor; Milton Oliveira no K1 Masculino Cadete; Edileia Matos e Jully Risthelly no K2 Feminino Júnior; Thatiany Lima, Jaine Santos, Ana Carolina Queiroz e Sarah Prado no K4 Feminino Cadete; Felipe Ferreira e Lucas Figueiredo no K2 Masculino Menor; Mirian Barbosa e Luani Tobias no K2 Feminino Cadete; Ana Laura Antunes no K1 500 Infantil; e Yago Lima e Ricardo Brum no K2 Masculino Cadete.

 
Paralímpicos competem na Canoagem Velocidade
Os paracanoístas Fernando Fernandes, tetracampeão mundial, e Vander Rogério Pereira de Lima, destaque em competições nacionais da modalidade, testam seus limites no Campeonato Brasileiro. Ambos correm neste domingo em provas olímpicas, ao lado de atletas sem deficiência. Fernandes corre às 12h20, no K4 Masculino 200 metros com Ricardo Luis Bonadeo Barreto, Roberto Maehler e Edson Isaias Freitas da Silva, o Edinho. Vander corre às 14h06 no K2 Masculino 200 metros com Fábio Marcel dos Santos Sobral.
 
O técnico de Fernando Fernandes, Paulo Barbosa, explica que competir com atletas sem deficiência é uma estratégia determinante para que o paracanoísta alcance resultados melhores na própria modalidade. Os objetivos são diminuir o tempo em dois a três segundos, aumentar a frequência de remada de 120 por minuto - média no K1 A Masculino 200 metros, em que Fernandes compete - para 150, chegando perto da média dos atletas olímpicos que é de 160 a 170 remadas por minuto, e ainda melhorar o equilíbrio. "O Fernando é muito forte, precisamos investir no controle de corpo e na frequência de remada, transformando essa força em velocidade", revela.

 
Controle de dopagem
Outra novidade do evento deste ano foi que, pela primeira vez, a palavra doping aparece em letras bem grandes em um Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem. Até amanhã (15), vinte atletas terão passado pelos testes de doping no evento que ocorre no CEPEUSP.
 
Segundo Heros Ferreira, headcoach da Seleção Brasileira de Canoagem Velocidade, o objetivo é que os exames se tornem uma rotina nos próximos eventos da canoagem que servem de seletiva para competições internacionais e para a formação das equipes e seleções nacionais.
 
"Mesmo com o alto custo dos 20 testes realizados, isso nos traz qualidade e segurança no trabalho, além, é claro, de promover a igualdade de competição entre todos os atletas", ressaltou.
 
Toda a estrutura montada para atender os exames de dopagem seguem o padrão internacional exigido pela WADA (Agência Mundial Antidoping). No Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2013 foram sorteados atletas que competiram nas provas olímpicas e paralímpicas do evento.

 
O BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) é o patrocinador oficial da Canoagem Brasileira e tem sido decisivo no crescimento do esporte no país. A canoagem também conta com os apoios significativos do Ministério do Esporte por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro, Comitê Paralímpico Brasileiro e Itaipu Binacional. O Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2013 também conta com apoio do CEPEUSP, Unimed e Seguros Unimed.
 

Mais informações sobre o evento em:
 
Starlist das provas em:
 
Resultados ao vivo:
 
Resultados oficiais em arquivo:
 
Fotos do evento em alta resolução em:








Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus