Notícia
04/06/2013 10:47
Em primeira competição sob comando de Jesús Morlán, canoagem brasileira é campeã na Polônia
Contratado pelo COB, treinador liderou o Brasil na conquista de dois ouros e duas pratas em Poznan

Texto: COB
Foto: Macin Brzybowski

Contratado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) no final de março para ficar à frente da equipe brasileira de Canoagem Velocidade (canoa), o treinador espanhol Jesús Morlán já mostrou que o trabalho tem potencial para alcançar resultados importantes para o Brasil. Sob o comando de Morlán, o Brasil conquistou neste final de semana duas medalhas de ouro e duas de prata na 3ª Etapa da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade em Poznan, na Polônia. Isaquias Queiroz conquistou o ouro no C1 500m Masculino e a prata no C1 5000m. Erlon Souza e Ronilson Oliveira subiram ao lugar mais alto do pódio no C2 200m. A dupla também conquistou uma prata no C2 500m. As medalhas brasileiras ganharam destaque no site da Federação Internacional de Canoagem.
 
A delegação brasileira que participou da Etapa da Copa do Mundo de Poznan foi formada pelos canoístas Erlon Souza e Ronilson Oliveira, Nivalter Santos; Isaquias Queiroz e Wladimir Moreno. A delegação participou da competição com o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro.
 
Este foi o melhor desempenho brasileiro em competições internacionais da modalidade. Além das medalhas, o Brasil se classificou para oito finais A e para duas finais B. “A contratação de Jesús faz parte do planejamento conjunto do COB com a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) para elevar ainda mais o patamar do esporte em busca de uma inédita medalha olímpica nos Jogos Olímpicos Rio 2016”, disse o superintendente executivo de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire. “Os resultados obtidos neste final de semana mostram que os investimentos do COB estão no caminho certo”, disse Marcus.
 
Como treinador da equipe espanhola, Morlán levou o canoísta David Cal a conquistar cinco medalhas nas três últimas edições de Jogos Olímpicos (um ouro e quatro pratas) e se tornar o atleta espanhol com mais medalhas olímpicas em toda história do país. Além da contratação do treinador espanhol, o COB enviou, em abril, uma série de equipamentos esportivos para o apoio no treinamento da canoagem velocidade do Brasil. Ao todo, duas embarcações (C1 e C2), uma lancha a motor, um remo ergômetro e monitores cardíacos foram adquiridos pelo COB e encaminhados ao novo Centro de Treinamento da modalidade, na represa de Guarapiranga, em São Paulo. O local, mantido pelo BNDES - patrocinador oficial da Canoagem Brasileira, é a base do treinamento da seleção brasileira da modalidade.
 
Além disso, por meio do convênio com o Ministério do Esporte, a CBCa disponibiliza para o CT todos os equipamentos esportivos para treinamento (embarcações, remos, caiaques e canoas ergômetros), equipamentos de apoio (barco a motor, GPS, filmadora), além do acompanhamento do Departamento Científico da CBCa.
 
Isaquias Queiroz fez parte do projeto Vivência Olímpica, quando o Comitê Olímpico Brasileiro enviou 16 jovens atletas para Londres durante os Jogos Olímpicos 2012, com o objetivo de antecipar a experiência olímpica deles, quebrando o gelo para 2016.








Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus