Notícia
08/04/2020 04:04
COVID-19 ICF adia e cancela vários eventos internacionais
Foram atualizados o status de vários eventos importantes de canoagem nos próximos meses, várias competições foram adiadas ou canceladas devido à incerteza em torno do coronavírus
A Federação Internacional de Canoagem – (ICF em inglês), emitiu um comunicado nesta quarta-feira (08) sobre a mudança no calendário internacional dos eventos programados originalmente para abril e maio, houve vários cancelamentos e adiamentos, todos em função da incerteza em torno do coronavírus. De acordo com a ICF as mudanças estão sendo analisadas a cada 15 dias em função das incertezas em torno do coronavírus.
 
As alterações respeitam principalmente para que os atletas e entidades tenham tempo e boas condições para o planeamento dos eventos. “Queremos garantir que os atletas tenham a oportunidade de treinar entre seis e oito semanas antes de um evento, e que as federações nacionais tenham pelo menos a mesma quantidade de tempo para finalizar as seleções para os eventos ou realizar competições nacionais”, comenta o secretário-geral da ICF, Simon Toulson.
 
Cancelamento dos eventos da Canoagem Velocidade e o Mundial de Paracanoagem
Além do Campeonato Pan-americano que seria realizado entre os dias 07 a 10 de maio em Curitiba, Paraná, que já havia sido transferido pela COPAC. – Confederação Pan-americana de Canoagem para 2021, (o evento também vai ser a Seletiva Continental para Tóquio), agora a Federação Internacional de Canoagem (ICF) cancelou outros eventos internacionais como a 1ª Etapa da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade em Racice na República Tcheca previsto para os dias 08 a 10 de maio.
 
 
A 2ª Etapa da Copa do Mundo onde também aconteceria simultaneamente o Mundial de Paracanoagem entre os dias 21 a 24 de maio em Duisburg na Alemanha entrou na lista dos eventos cancelados  e também o Mundial de Canoagem Velocidade Júnior & Sub-23 em Brandenburg na Alemanha entre 10 a 12 de julho também não irá mais acontecer.
 
Adiamento de eventos na Canoagem Slalom
As duas primeiras etapas das Copas do Mundo de Canoagem Slalom, marcadas para junho em Ivrea na Itália e Pau, França, e os Campeonatos Mundiais da ICF de juniores e sub-23 de canoagem da U23 em Tacen, na Eslovênia, foram adiados para o final deste ano.

Outro evento que teve o cancelamento neste ano foi o Campeonato Pan-americano que iria acontecer no último fim de semana, a edição de 2020 foi suspensa e vai para 2021, assim tambem foi transferida junto a eliminatória continental para os Jogos Olímpicos de Tóquio que acontece simultaneamente com o evento. Também foram cancelados os períodos de treinamento do pré-olímpico em Tóquio, previsto para acontecer em maio, junho e julho.
 
Outras modalidades também sofreram mudanças
Na mesma linha, outros eventos programados para abril, maio e junho entraram na lista de cancelamentos como o Campeonato Mundial da Maratona que aconteceria em Pitesti na Romênia em maio.
 
O Mundial de Caiaque Polo que seria realizado em Roma foi transferido para abril do próximo ano, enquanto o Mundial de Canoagem Oceânica em Portugal ainda está programado para setembro. Na terça-feira (08) a Confederação Brasileira de Canoagem também emitiu uma nota cancelando o Festival Internacional de Dragon Boat previsto para acontecer em Brasília, a nova data ainda não foi anunciada.
 
 
ICF comprometida em sediar eventos internacionais ainda em 2020
O secretário-geral da ICF, Simon Toulson, disse que a entidade continua comprometida em sediar eventos internacionais este ano, no entanto vários fatores importantes estão envolvidos na tomada de decisão. "Temos que garantir que a saúde de nossos atletas seja garantida nas proximidades do local e que o coronavírus esteja sob controle na região", disse Toulson.
 
Toulson complementa que a ICF continuará analisando a situação a cada 15 dias e também está trabalhando em um novo programa de eventos para 2021, que terá como fator as eliminatórias olímpicas e paraolímpicas de Tóquio.
 
 
“E, importante, qualquer evento realizado precisará estar acessível para a grande maioria dos países e atletas do mundo. Isso significa que a ameaça do coronavírus precisará ser controlada sob controle internacional antes que possamos hospedar eventos. Estamos trabalhando com vários meses de antecedência com os organizadores para decidir se o evento é viável ou não”, explica.
 
Canoagem Brasileira estuda mais alterações nos eventos nacionais
Seguindo os passos da ICF, a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), está monitorando a cada 15 dias as mudanças no calendário nacional, sendo assim, muitos eventos previstos para os próximos meses poderão sofrer alterações de acordo com o avanço da pandemia de COVID-19.

“Estamos conversando com os supervisores das modalidades para avaliar os diferentes cenários, colocamos sempre na avaliação as condições sanitárias para nossos atletas e também para o corpo técnico dos eventos, todos os estudos estão sendo feitos e os anúncios com um bom prazo para que todos se adequem”, comenta Leonardo Maiolla, diretor geral da CBCa.












Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus