Notícia
26/04/2020 04:04
CBCa realiza sua Assembleia Geral de forma remota
A opção em realizar o evento on-line por conta da pandemia do COVID-19, foram apresentados balanços e ações desenvolvidas pela entidade
Foi realizado no último sábado (25), a Assembleia Geral da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), o evento inicialmente estava programado para ocorrer no dia 18 de março, no CT Paralímpico, em São Paulo, mas foi adiada e optou-se por realizar de forma remota em virtude da pandemia de COVID-19 (Novo Coronavírus) e seguindo a orientação das entidades sanitárias brasileiras.
 
Está ação é legal e está descrito no estatuto da CBCa. Além da possibilidade de uma grande participação, a Assembleia Geral trouxe importantes informações e debates levantados pelos atletas e presidentes de Federações.
 
Inicialmente, João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, apresentou o que ocorreu em 2019, e todos os desafios enfrentados pelo esporte nacional, lembrou da criação do Conselho de Administração e também do Conselho de Ética e a reestruturação dos departamentos técnicos e administrativos, ações importantes para a modernização da entidade.
 
Já Leonardo Maiola, diretor geral mostrou o cenário esportivo e administrativo da entidade, reforçando os desafios como trabalho da governança, transparência que acaba levando ao sucesso nas águas do Brasil. Além disto, foi demonstrado uma prévia do calendário nacional para o segundo semestre, ainda sob cuidados das decisões das autoridades sanitárias para realmente definir e confirmar quais eventos serão realizados e as datas sendo confirmadas. Também foi apresentado o parecer de auditoria e balanço da entidade, que foi aprovado pela maioria representada na Assembleia Geral.
 
No espaço reservado para a Comissão de atletas, representados por Givago Ribeiro e Pedro Gonçalves foram destacadas as ações realizadas pela canoagem e reforçaram a necessidade de desenvolver ações em prol do marketing (redes sociais) e desenvolvimento da base no esporte.
 
“Foi importante para destacarmos a importância da base e também dos atletas mais velhos, atletas que demoram 10 anos para serem formados. Acho importante também explorarmos as redes sociais para divulgar mais as ações dos atletas”, fala Pedro Gonçalves participante da reunião.
 
Os supervisores das respectivas modalidades também fizeram apresentações onde demonstraram os resultados de 2019 e as metas estipuladas para 2020. Por fim, As Federações Estaduais puderam apresentar o que vem realizando em suas regiões e o desenvolvimento em prol do crescimento da canoagem brasileira.
 
Houve também a aprovação do regimento do documento da Assembleia Geral e a informação de que não obtiveram candidatos a membros do Conselho Fiscal e Conselho de Ética. Com relação ao representante de federação, membro do Conselho de Administração, foi eleito o presidente da Federação Tocantins de Canoagem Ton Eagleton Fernandes.
 
“Mesmo com esse período de distanciamento nós inovamos mais uma vez fazendo uma Assembleia Geral totalmente on-line, podendo propiciar para todos os participantes as ações da entidade e principalmente a transparência no processo. Temos uma governança eficiente, prova disso foi que a Confederação Brasileira de Canoagem em 2019 foi a 6ª entidade entre 34 Confederações na prestação de contas junto ao COB, o mérito é de todos os profissionais que trabalham em conjunto para obter esse importante resultado”, afirma João Tomasini Schwertner.











Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus