Notícia
27/10/2016 00:10
CBCa emancipará Va’a em 2017
Modalidade formará nova entidade independente a partir de 2017. CBCa auxiliará todo processo de transição
Em decisão aprovada por unanimidade em Assembleia Extraordinária realizada por teleconferência no dia 10 de outubro a modalidade de Va’a, integrante no quadro da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) desde 2008, será emancipada oficialmente a partir do dia 1o de janeiro de 2017 e fundará sua própria entidade nacional.
 
 A CBCa auxiliará clubes e associações de todo o Brasil no processo emancipatório da Va’a e, sendo assim, realizará no dia 10 de dezembro um encontro nacional para a formação de um comitê de transição que culminará na formação de uma nova entidade nacional da modalidade. O encontro acontecerá durante a 3a Etapa do Circuito Brasileiro de Va’a, marcado para os dias 10 e 11 de dezembro, no Rio de Janeiro. Após a formação da nova entidade a CBCa repassará a condição de filiada à Federação Internacional de Va’a (IVF) completando assim a transição da recém-criada entidade representativa brasileira.
 
Desde de 2008 a Va’a se tornou uma das modalidades que mais cresceu na Canoagem Brasileira tendo hoje praticantes em todo país. O Brasil já realizou importantes eventos internacionais como os Campeonatos Mundiais de 2011 e 2014 e os Campeonatos Sul-americanos de 2010 e 2015, além da inclusão do Circuito Nacional da modalidade com apoio do BNDES – patrocinador oficial da Canoagem Brasileira, levando provas oficiais para Brasília-DF, Vitória-ES e Salvador-BA.
 
A história da Va´a no Brasil começou em setembro de 1994, quando o brasileiro Ronald Williams, de férias no Brasil após competir na Califórnia, iniciou seus primeiros contatos no intuito de trazer a Va´a, ou canoagem polinésia, para o país.
 
Segundo o atual supervisor da modalidade na CBCa, Manuel Gil Del Rey, é chegada a hora de um novo ciclo.  “Agradeço o total apoio da CBCa nesses anos e espero que todos ao realizarem o balanço deste ciclo cheguem à conclusão que muito se avançou. Aprendi muito, ganhei muitos amigos e encerro meu ciclo com a satisfação de que me doei ao máximo para honrar a responsabilidade que me foi confiada. Hoje a Va’a esta cada vez maior e espero que os novos responsáveis pela modalidade tenham o mesmo sucesso e alegrias que tive”, ressaltou.
 
Estima-se que hoje o Va´a seja praticado por até 30 mil pessoas na Polinésia Francesa, onde é tão popular quanto é o futebol no Brasil. No Havaí são cerca de 12 mil praticantes. O esporte também é muito popular na Austrália e Nova Zelândia, onde existem aproximadamente 5 mil esportistas.  Hoje, no Brasil, avalia-se que há de 5 a 7 mil praticantes espalhados pelos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Alagoas, Bahia, Pará, Distrito Federal e Pernambuco.
 
É importante que todos os interessados no processo de emancipação reúnam-se no dia 10 de dezembro, no Rio de Janbeiro, para que o processo de transição seja realizado de forma harmoniosa e com bom entendimento de todos envolvidos. 
Filiações
Patrocínio
Apoio
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube