Notícia
01/12/2017 01:12
Canoagem Onda brasileira domina Sul-americano de Mar del Plata – ARG
De 12 medalhas de ouro em disputa o Brasil conquistou oito
No final de semana passado a equipe brasileira de Canoagem Onda invadiu as águas argentinas para participar do Campeonato Sul-americano da modalidade. A competição foi o último compromisso da Canoagem Onda em 2017 e foi a segunda edição da competição realizada fora do Brasil. Mesmo competindo em águas estrangeiras os brasileiros não se sentiram ameaçados e dominaram a competição pelo segundo ano seguido.
 
A competição aconteceu entre os dias 23 e 26 de novembro em Mar del Plata – Argentina, e contou com a participação de mais de 50 atletas do Chile, Peru, Brasil e Argentina. Foram realizadas disputas de Kayaksurf, Waveski e Sharkpaddle, nas categorias Iniciantes, Open, Senior, Master e Gran Master. O Brasil é a maior força da América do Sul da modalidade e em 2017 mostrou novamente porque merece esse posto, das 12 medalhas de ouro em disputa os brasileiros conquistaram oito medalhas de ouro, seis de prata e cinco de bronze.
 
No Kayaksurf o Brasil conquistou o lugar mais alto do pódio nas categorias Inciante, com Matheus Taffner e Senior com o atleta Igor Santana. Já no Waveski os brasileiros garantiram o ouro em todas as modalidades: Fernando Barbosa na categoria Iniciantes, Maurício Marcos de Souza na Open, se tornando bicampeão da prova, Taffarel De La Costa na Senior, Chrystian Borba pelo Master e Marcos Santos na categoria Gran Master. No Sharkpaddle, categoria criada no Brasil e disputada pelo segundo ano consecutivo no Sul-americano teve uma reedição do pódio de 2016. Os atletas peruanos, Guilhermo e Fernando Barreto conquistaram a 1ª  e 2ª colocação, respectivamente, e Alexandre Matteï do Brasil garantiu a última vaga do pódio.
 
Ao final da competição foi realizado a disputa do “Rei da Praia”, na qual os campeões de Kayaksurf, Waveski e Sharkpaddle na categoria Open competem entre si. Essa foi uma iniciativa criada no Campeonato Brasileiro de 2017 como uma forma de confraternização entre os atletas e foi adotada no Sul-americano. O vencedor do Waveski, o argentino Jorge Anchorena não pode participar da disputa, por isso o brasileiro Bruno Guazelli, medalha de prata no Kayak Surf Open assumiu a posição. Bruno competiu contra o peruano Guilhermo Barreto, do Sharkpaddle e o brasileiro Maurício Souza, do Waveski. A disputa foi boa e Bruno Guazelli acabou vencendo a prova, com Barreto na segunda posição e Maurício Souza terminou com a medalha de bronze.
 
 
Para o Supervisor da modalidade junto à CBCa, o evento trouxe os resultados esperados. “O evento foi muito satisfatório, encontramos ótimas ondas, uma excelente estrutura para a realização da competição e uma organização muito boa dos argentinos. Pudemos ver atletas experientes competindo com novos atletas e a expansão do esporte na América do Sul é evidente”. Mesmo satisfeito com os resultados deste ano Alexandre já planeja o futuro. “Para 2018 teremos o retorno do Sul-americano ao Brasil e também teremos o Circuito Brasileiro de Canoagem Onda, com uma etapa prevista para o estado de São Paulo. Além disso estamos fazendo investimentos para a captação de imagens com drones nas competições”, completa.
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus