Notícia
31/08/2013 11:27
Canoagem Brasileira faz história na Alemanha
Isaquias Queiroz conquista medalha de bronze no C1 Masculino 1000m no Mundial. Neste domingo brasileiros ainda têm mais três chances de medalha em Duisburg

Definitivamente o Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2013, realizado até amanhã em Duisburg, na Alemanha, entra para a história da Canoagem Brasileira. Depois de dois ouros e um bronze na Paracanoagem foi a vez o jovem baiano Isaquias Queiroz conquistar a primeira medalha da Canoagem Velocidade do Brasil na história da competição.

 
Depois de dominar as provas eliminatórias dos 1000m Isaquias Queiroz entrou confiante para a finalíssima do C1 Masculino 1000m na raia olímpica de Duisburg, tradicional centro de canoagem na Europa e berço de muitos campeões da canoagem alemã. Contudo, mesmo com a imensa torcida a favor dos europeus, o jovem brasileiro mostrou que é um dos grandes nomes da canoagem mundial.
 
Ele remou muito forte e conquistou a medalha de bronze na prova com o tempo de 4:14.154, atrás apenas do alemão atual campeão olímpico Sebastián Brendel, prata com 4:10.365; e do campeão, o húngaro Attila Vadja com 4:09.123.
 
“Foi uma prova muito difícil e o vento contra também foi difícil. Mas prometi que conseguiria esta medalha e estou muito feliz com o resultado”, disse Isaquias.
 
O resultado é histórico para a Canoagem Brasileira que a cada ano que passa conquista melhores resultados internacionais. Segundo o head coach da Seleção Brasileira de Canoagem Velocidade, Heros Ferreira, esta medalha é reflexo de toda a transformação por qual passa a Canoagem Brasileira. “É um grande resultado para o Brasil que demonstra nosso crescimento rumo ao Rio 2016. Esperamos estar ainda mais preparados para daqui a três anos no Brasil”, destacou.
 
Isaquias segue mostrando sua força em Duisburg. Amanhã o jovem brasileiro briga novamente por medalha na Final A do C1 Masculino 500m depois de dominar as eliminatórias e semifinais da categorias na sexta-feira.
 
Mais duas chances de ouro para o Brasil na canoa masculina
A dupla brasileira representante em Londres 2012, Erlon Souza e Ronilson Oliveira, disputa neste domingo a Final A do C2 Masculino 200m contra grande nomes da canoagem mundial. Os brasileiros estão confiantes num bom resultados para o Brasil e a possível conquista de uma medalha.
 
“Estamos bem para a final e esperamos fazer uma boa prova. Fizemos o terceiro melhor tempos das provas eliminatórias”, disse Erlon.
 
Nivalter Santos também mostrou ao mundo a força da canoa masculina brasileira ao garantir sua vaga para a Final A do C1 Masculino 200m com a 1a. colocação na semifinal 3 da categoria. Nivalter disputará a medalha neste domingo e é mais um brasileiro com destaque na Alemanha.

 
Outra final com presença brasileira, mas não válida por medalha, será a do gaúcho Gilvan Ribeiro que disputa neste domingo a Final C do K1 Masculino 500m depois de se classificar para a prova na sexta-feira. Celso Oliveira também entra na água para a disputa da longa prova do K1 Masculino 5000m. 
 
Mais finais disputadas neste sábado com presença brasileira
A Final B do C2 Masculino 1000m guardou fortes emoções para os brasileiros. Depois de largarem em terceiro lugar os brasileiros Erlon Souza e Ronilson Oliveira tiveram uma ótima recuperação nos metros finais e terminaram a prova em 1o lugar (3:41.749), à frente dos atletas do Cazaquistão, Maxim Sinyavskiy e Yevgeniy Safronov (3:42.516), e da França, Mathieu Beugnet e Adrien Bart (3:42.626)
 
Já na Final C do K1 Masculino 1000m Celso Oliveira teve uma boa performance e garantiu o 1o lugar da prova com o tempo de 3:35.794, seguido pelo argentino Daniel Dal Bo (3:36.036) e pelo tcheco Jakub Adam (3:37.064).
 
Ana Paula Vergutz enfrentou grandes canoístas na Final B do K1 Feminino 500m e terminou a prova na 9a colocação com o tempo de 1:59.234. A vencedora da prova foi a austríaca Yvonne Schuring com 1:53.019, em 2o lugar a russa Anastasiya Sergeeva (1:53.528) e em 3o a ucraniana Mariya Povkh (1:54.250).
 
Semifinais 200 metros e vaga na Final C do K1 Masculino
Nas disputas das semifinais dos 200 metros Ana Paula Vergutz não passou para as finais ao chegar na 9a colocação da semifinal 1 do K1 Feminino 200m em disputadas provas semifinais da categoria.
 
Edson Isaias Freitas também encarou fortes adversários na semifinal 1 do K1 Masculino 200m e com o 6o lugar na prova tem presença confirmada para a Final C da categoria.
 
Os resultados mostram a evolução da Canoagem Brasileira que têm conquistado esses bons resultados devido ao grande apoio que recebe de seus parceiros rumo à sonhada medalha olímpica para o Brasil na canoagem. O BNDES é o patrocinador oficial da Canoagem Brasileira e tem sido decisivo no crescimento do esporte no país. A país também conta com apoio significativo do Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro, Comitê Paralímpico Brasileiro e Itaipu Binacional. 
 
 
 
 
 
Fotos em alta resolução no Flickr da Canoagem Brasileira: http://www.flickr.com/photos/canoagembrasileira
 
Mais informações sobre os atletas brasileiros no link:








Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus