Notícia
12/06/2017 01:06
2ª etapa da Canoagem Oceânica teve disputa acirrada pelo 1º lugar geral do começo ao fim
Cerca de 80 atletas competiram nas águas de Mambucaba, entre as cidades de Paraty e Angra dos Reis, no Rio de Janeiro

Foto: Mauricio Brancco

A 2ª etapa do Circuito Brasileiro de Canoagem Oceânica fez parte do SEMA - Semana do Meio Ambiente, evento de conscientização para a preservação do Meio Ambiente realizado pela Eletrobrás Eletronuclear, no qual contemplou diversas outras modalidades no final de semana dos dias 10 e 11 de junho. O domingo (11), foi o dia da Canoagem Oceânica tomar conta do SEMA e das águas de Mambucaba. Com o dia ensolarado e o mar calmo, as embarcações individuais contaram com a participação dos duplos, que não puderam participar da 1ª etapa do Brasileiro devido ao cancelamento pela forte ressaca e ordens da Marinha do Brasil por segurança.
 
A competição teve início às 10h da manhã, os 80 atletas partiram para o percurso de 20 km com a largada Le Mans, clássica da Canoagem Oceânica. Na largada Le Mans os atletas permanecem em pé atrás e sua embarcação, somente com o remo em mãos, ao som da buzina eles pegam o barco e se lançam ao mar para passar a arrebentação das ondas e iniciar a prova. Alguns atletas tiveram problemas com essa largada e tiveram que retornar à praia para fazer ajustes e consertos em seus barcos antes de retornar à competição.
 
O percurso da prova consistia em remar 500m em direção ao alto-mar e contornar uma lancha poitada, virando à esquerda em direção à Usina Nuclear de Angra, onde estava a boia de retorno estava fixada. O atleta angrense Luiz Wagner Pecoraro foi o primeiro atleta a contornar a boia de retorno, liderando a primeira metade da prova, seguido pelo líder do ranking brasileiro José Marcos Mendes Filho e Alexandre Felipe do Nascimento Ferreira seguindo os líderes. No feminino, a angrense Carmen Lucia da Silva foi a primeira atleta a contornar a boia, seguida por Rayssa Correa Silva e Viviane Vaz dos Santos.
 
A disputa até à areia
 
Depois do contorno da última boia, em frente à Usina, os atletas precisavam remar até a laje de São Pedro, a cerca de 1000m do ponto de partida, para então remarem em direção à praia e finalizarem a prova. O líder do campeonato, José Marcos Mendes Filho, que havia assumido a ponta da prova após a primeira boia de retorno ficou preso no refluxo nas costas de uma onda e foi ultrapassado por Luiz Wagner Pecoraro, que seguia o líder da prova de perto. Luiz Wagner se aproveitou da série e desceu a onda seguinte, ultrapassando José Marcos a poucos metros da chegada e garantindo a primeira colocação geral da prova. José Marcos ficou com a segunda colocação, por apenas 02 segundos de diferença de Luiz Wagner. A terceira colocação ficou com Alexandre Felipe do Nascimento Ferreira, que manteve sua posição desde o contorno da primeira boia. 
 
No feminino a disputa também foi acirrada, a primeira colocada foi Carmen Lucia da Silva, que chegou pouco mais de um minuto antes da segunda colocada, Rayssa Correa Silva. Larissa Oliveira dos Santos completou o pódio feminino, ao chegar apenas 21 segundo atrás de Rayssa.
 
Já na categoria de duplas, a primeira embarcação a cruzar a meta foi a dupla mista de Caraguatatuba, Fernando de Lima Barbosa e Évina Fernandes, seguidos por Daniel Alves Fim e Renato Vaz Dourado, e em terceiro lugar Edneder Fernandes Soares e Elen Fernandes, ambos de Caraguatatuba.
 
Jefferson Sestaro, supervisor da modalidade Oceânica comenta que "o evento contou com 100 atletas inscritos e 74 atletas presentes, no total de 59 embarcações entre individuais e duplas. Sete estados brasileiros foram representados por 13 associações, tivemos muitos atletas vindos do Pará e também do Mato Grosso do Sul, para nós foi uma satisfação enorme receber esses atletas mostrando a essência da Canoagem Oceânica".
 
Na competição por equipes, a campeã foi a ACALINO com 1742 pontos, em segundo ACOAR com 1526 e ATR (Turma do Remo) com 1453,5 pontos. A próxima etapa do Circuito Brasileiro de Canoagem Oceânica será em Ilhabela/SP, nos dias 30/09 e 01/10. O evento também é homologado como o 1º Campeonato Sul-americano de Canoagem Oceânica.
 
Os resultados oficiais da 2ª etapa podem ser vistos clicando aqui.
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus