Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

Uma despedida com gosto de quero mais...

30/10/2010

 

 

 

 

 

Imprensa 46

ASCOM

 
 
No dia 30 de outubro de 2010, no Colégio Padre Luiggi Salvucci, foi apresentada a avaliação técnica final para todos os atletas da Vila C e traçados os objetivos e metas para cada um nos próximos 12 meses, os quais deverão ter início tão logo a Itaipu Binacional autorize.
Face ao dia chuvoso, nem todos os atletas estiveram presentes, mas aqueles que participaram da confraternização final mostraram muito interesse em continuar com a atividade e uma certa apreensão com referência ao prazo de interrupção. O presidente da Federação Paranaense de Canoagem, Valdecir Fernandes, foi muito claro e demonstrou otimismo em seus esclarecimentos:
“Por tudo o que a Itaipu Binacional já fez pelo Projeto e pela canoagem brasileira de uma forma geral, não há nenhum motivo para duvidar do interesse de continuidade das nossas atividades. Já estamos elaborando a prestação de contas final, a qual só depende da juntada por parte de vocês dos respectivos boletins escolares, e tão logo seja prestada contas acreditamos que teremos a renovação do Projeto. Esperamos que amanhã os brasileiros sigam nessa trajetória que está transformando o País para melhor e que a Diretoria da Itaipu Binacional continue por muito mais tempo, pois esta é a única certeza que temos do apoio para o nosso esporte”.
Foram esclarecidas também a questão da continuidade no projeto para os alunos que estiverem com  notas ruins na escola ou que os gráficos demonstrem não haver evolução técnica. Segundo o superintendente da Confederação Brasileira de Canoagem, Argos Gonçalves Dias Rodrigues, o projeto tem visão, missão e valores extremamente bem definidos e esses dois descompassos deverão ser trabalhados com bastante firmeza:
“Para os alunos que repetirem de ano ou que não houver melhoras técnicas acentuadas o nosso Regimento Interno está bastante claro quanto as consequências. Fico feliz por um lado de estarem questionando isso, pois demonstra que realmente estão tendo o cuidado de ler e compreender as regras. Por outro lado, porém, preocupa-me muito o fato de haver atletas com dificuldades na escola pois ao apresentarmos o nosso Projeto à Itaipu Binacional, prometemos metas qualitativas e quantitativas e uma delas seria a melhora dos respectivos boletins escolares. Se isso não está acontecendo com  100% dos alunos do Projeto é uma meta que deixaremos de cumprir. Por esse motivo pedimos encarecidamente que estudem de verdade nessa última etapa anual e o escritório da Fepacan e CBCa estará lá para ajudá-los a tirar boas notas, basta solicitar. O que não podemos é deixar de cumprir com o que prometemos para a Itaipu”.
Quanto ao resultado técnico final, o professor Antonio Alves dos Santos fez um resumo das conquistas neste ano de 2010:
“No ranking nacional da CBCa, o Projeto Meninos do Lago encontra-se em primeiro lugar tanto nas categorias iniciantes como também nas categorias oficiais. Estamos bem distantes da segunda equipe na categoria iniciantes e talvez percamos o primeiro lugar para Piraju na categoria oficial por não participarmos em novembro na última etapa em Três Coroas, mas gostaria de lembrar, que o nosso objetivo principal era realmente fechar o ano em primeiro nos iniciantes e isso aconteceu graças ao esforço de todos”.
Para a Professora Mayara Cordeiro, a Equipe Principal do Projeto Meninos do Lago que esse ano trabalhou com apenas 12 atletas, para o ano que vem será ampliado em mais 10 atletas que serão chamados da Vila C:
“A nossa equipe principal que era composta apenas por atletas do Bairro Morumbi, os quais, diga-se de passagem, fizeram bonito este ano, tanto no cenário nacional como internacional, agora receberá também atletas da Vila C. Fechamos o ano com três campeões sul-americanos: João Vitor e Fábio na categoria por Equipe e Leonardo Curcell na categoria C1 JR. Além disso, o Pepê, que participa conosco em Foz, conseguiu o segundo mais importante resultado de todos os tempos da Canoagem Slalom Nacional, ficando em quarto lugar no Mundial Júnior na França, demonstrando que o nosso Projeto não está para brincadeiras. Para o ano que vem, pretendemos formar a Equipe Principal B, que será composta por atletas que obtiveram os melhores resultados no ranking municipal e se enquadrem dentro de um Planejamento Estratégico montado, visando os mundiais juniores até 2017 e Jogos Olímpicos de 2016. Estes novos atletas receberão uma atenção especial e passarão a treinar diariamente, como já faz a Equipe Principal A”.
Para finalizar, Valdecir Fernandes repassou a notícia da “possibilidade” do Projeto estar recebendo de fevereiro à novembro de 2011, auxílio de Bolsa Atleta da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu:
“Estamos trabalhando junto ao Município de Foz do Iguaçu para conseguirmos um valor que possibilite o auxílio financeiro aos atletas do Projeto Meninos do Lago. Lógico que não será um valor expressivo, pois pretendemos coroar os primeiros lugares do Ranking Municipal que tenham participado de todas as avaliações do ano e que não estejam recebendo nenhum tipo de auxílio financeiro de governos estaduais ou federais. Como se trata de muitas categorias, os valores deverão variar entre R$ 200,00 a R$ 300,00 para cada atleta. Essa ação dependerá também da anuência e parecer da Itaipu Binacional. Como nossa maior Patrocinadora ela terá o direito de opinar sobre essas condicionantes, podendo haver mudanças ou não de critérios. Por este motivo gostaria de deixar claro, não temos nada acertado ainda, apenas promessas do nosso Secretário de Esporte. Nosso objetivo ao divulgar essa notícia é para que os novos talentos não desanimem”.
  
 
 
Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique