Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

Entrega dos Barcos

05/04/2010

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 29 de março os meninos e meninas do Núcleo de Iniciação da Vila C, do Projeto Meninos do Lago, receberam, com enorme satisfação, 37 barcos para a prática de Canoagem Slalom. Ao todo foram 07 C2, 10 C1 e 20 K1, de fibra de vidro, construídos com a fôrma mais moderna atualmente existente no Brasil para essa modalidade.

 
“O Projeto Meninos do Lago é uma referência no Brasil. Hoje é tratado como modelo da Confederação Brasileira de Canoagem a qual referendou através de um Selo de Qualidade. Dessa forma, todos os projetos nacionais que queiram o apoio desta Entidade de Administração Desportiva Nacional terão que obrigatoriamente seguir a mesma metodologia de trabalho realizada em Foz do Iguaçu. Essas novas embarcações vieram a coroar o desenvolvimento desta ação desportiva/social realizada com os meninos e meninas da Vila C e do Bairro Morumbi, estudantes da rede pública. A partir de agora os mesmos terão à sua disposição as melhores embarcações nacionais para o desenvolvimento cada vez mais eficaz e rápido da modalidade desportiva, visando os Jogos Olímpicos de 2016” -   disse emocionado o Presidente da Federação Paranaense de Canoagem, Valdecir Fernandes da Cruz.
 

“As fôrmas utilizadas para a fabricação desses caiaques são semelhantes às das embarcações Vajda, que é a marca mais utilizada pelos grandes campeões olímpicos da atualidade, ou seja, não dá para reclamar da qualidade. Óbvio que se trata de material de fibra de vidro, próprio para a iniciação, ao contrário da fibra de carbono que seria para a utilização no alto rendimento. Este material, contudo, além de muito caro, não é fabricado no Brasil e os meninos e meninas da Vila C, ainda estão longe desta necessidade. Por enquanto o Projeto está muito bem servido de equipamentos e os resultados desportivos serão demonstrados nos eventos nacionais” – afirmou categoricamente o Técnico Antonio Alves dos Santos.

O projeto contou ainda com a ilustre presença do coordenador dos programas de responsabilidade social da Itaipu Binacional, o Sr. Joel de Lima, que foi o grande responsável pela liberação da verba necessária para a aquisição dos equipamentos necessários para o Projeto. Segundo ele, “existe todo um trabalho social incluído nos treinos e nas próprias competições. Lógico que o objetivo é formar campeões e ensinar uma profissão, mas procuramos ocupar o tempo ocioso desses meninos, retirando-os da situação de risco social”.

 

 

 

 

 

Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique