Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

Projeto social Meninos do Lago vai dobrar o número de vagas

06/06/2017

O diretor-geral brasileiro de Itaipu, Luiz Fernando Vianna, anunciou a ampliação das parcerias com os projetos esportivos Meninos do Lago, de canoagem, e Jovens Atletas – Campeões do Futuro, de atletismo. A ideia é dobrar o número de vagas da canoagem – de 120 para 240 – e aumentar o atendimento do atletismo, passando de 120 para 160 atletas beneficiados. Outra novidade, em relação ao projeto de canoagem, é a inclusão de escolas particulares.

 

 

Encontro aconteceu na sexta-feira, no Centro Executivo. Foi a primeira vez que Vianna entrou em contato com os projetos.

 

 

O anúncio foi feito na última sexta-feira (2), na sala de reuniões da diretoria, no Centro Executivo, durante recepção do diretor a um grupo de canoístas do Instituto Meninos do Lago (IMEL), de corredores do Instituto do Atletismo de Foz do Iguaçu e dirigentes e gestores dos projetos. Foi o primeiro contato de Vianna com a delegação esportiva.

Participaram os atletas e gestores dos dois projetos. 

 

Durante o bate-papo, os parceiros mostraram os bons resultados obtidos nos últimos anos graças ao patrocínio de Itaipu aos projetos esportivos. Vianna, entusiasta dos esportes, elogiou e incentivou o grupo a continuar trabalhando para representar bem Foz do Iguaçu e o Brasil nas competições. Falou também da importância de Itaipu apoiar esses programas na formação de jovens talentos.

 

Escolas particulares

 

Além da ampliação das vagas no projeto Meninos do Lago, outra novidade é a possibilidade de participação das escolas particulares no programa. A contrapartida das escolas será a oferta de bolsas escolares para alunos carentes. As tratativas para essa parceria já foram iniciadas e os coordenadores do programa vão se reunir com as escolas particulares da região.

Meninos do Lago já revelou vários atletas na canoagem slalom.

 

Para Márcio Bortolini (AS.GB), essa será uma oportunidade para novos talentos ingressarem no Meninos do Lago, hoje reconhecido pelos bons resultados. “Antes o programa era ‘blindado’, estudantes de escolas particulares não poderiam participar”, resume. “Agora ele será mais aberto”.

Jovens atletas vai aumentar o número de vagas.

 

A Secretaria de Esportes do município também se comprometeu a bancar 13 bolsas-atletas, com valores que variam de R$ 200 a R$ 600.  Essas bolsas serão destinadas aos canoístas que se destacarem no projeto visando o Campeonato Mundial de Slalom Júnior e Sub-23, que serão disputados no Rio de Janeiro, em 2019. Em relação ao Jovens Atletas – Campeões do Futuro, a Itaipu renovou por quatro anos o convênio, que possibilitou a abertura de novas vagas.

 

Como participar 

 

Para se inscrever no projeto Meninos do Lago, o jovem precisa ter entre 9 e 17 anos e estar matriculado em escola da rede pública (ou nas instituições particulares conveniadas com o projeto). É necessário entrar em contato com a Federação Paranaense de Canoagem é respeitar o limite de vagas. A permanência no projeto depende da participação escolar: o canoísta não pode faltar às aulas, nem ser reprovado.

Felipe Borges, revelação do Meninos do Lago, participou dos Jogos Olímpicos, em 2016.

 

A participação no Atletismo respeita às mesmas exigências escolares. A inscrição é feita diretamente no Ginásio Costa Cavalcanti, onde ocorrem os treinos, com o treinador Sérgio Muniz dos Santos, o Quick, em horário comercial. A inclusão no projeto também dependerá do número de vagas.

Jair Pacentchuk, o “Chuck”, de 19 anos, revelado pelo projeto e uma das promessas brasileiras na prova do martelo.

Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique