Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

Em Londres, Meninos do Lago representam Brasil e Paraguai no Mundial de Canoagem Slalom

15/09/2015

 

JIE - Itaipu Binacional

 

15h04 - 15/09/2015


Felipe Borges começou no projeto social Meninos do Lago e hoje é uma das apostas do País.

 

Cinco canoístas do Instituto Meninos do Lago estão em Londres para a disputa do Mundial Sênior de Canoagem Slalom que inicia nesta quarta-feira (20). Destes, três são atletas provenientes do Projeto Social Meninos do Lago, desenvolvido com apoio da Itaipu Binacional. São eles Ana Paula Fernandez, que representará o Paraguai, e Felipe Borges e Leonardo Curcel, representantes do Brasil. Os outros dois atletas brasileiros são Ana Sátila e Fábio Rodrigues, do Instituto Meninos do Lago (Imel).

 

O evento será no mesmo local onde foi realizado os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, o Lee Valley Water Stadium. O canal conta com aproximadamente 300 metros e é considerado um dos melhores do mundo na prática da Canoagem Slalom.O campeonato servirá como passaporte para atletas de 61 Países que esperam garantir sua vaga no Rio 2016, no Brasil. Os canoístas brasileiros já têm vaga garantida por categoria (K1 Masculino e Feminino, C1 e C2 Masculino), mas prometem “força total” para cumprir uma boa competição.

O canal Lee Valley Water Stadium é o local das provas.

 

“Vamos buscar o nosso melhor neste Mundial e nos empenhar para trazer bons resultados”, comenta Ana Sátila, do Instituto Meninos do Lago. A canoísta conhece bem o Lee Valley, onde fez sua estreia olímpica, em 2012. Sátila, que competi pelo K1 e C1 Feminino, é a estrela principal da Canoagem Slalom brasileira.

 

Presença verde e amarela


Ana Sátila é a principal estrela da canoagem brasileira.

 

Ao todo, o Brasil contará com 11 atletas no evento. A expectativa é conseguir avançar para as semifinais em todas as categorias. No C1 Masculino, estarão na disputa os iguaçuenses Felipe Borges e Leonardo Curcel, além do atleta de Piracicaba (SP), Thiago Serra.

 

A equipe brasileira está crescendo nas últimas competições na Europa. “Estou com boas remadas. Espero continuar assim para tentar conquistar mais uma semifinal”, disse Felipe Borges. “Nunca me senti tão bem preparado para disputar um Mundial. Tudo está fluindo como deve ser”, afirmou Curcel.

 

No K1 Masculino Fábio Rodrigues é o outro atleta do Instituto Meninos do Lago. Pedro Gonçalves, o Pepê, e Ricardo Taques completam a lista de brasileiros na mesma categoria. O time verde-amarelo é completado pelos atletas em dupla do C2. São eles os paulistas Charles Corrêa e Anderson Oliveira e, na segunda canoa, Pedro Aversa e Rafael Souza.

 

Retorno do Paraguai no Mundial

 

Depois de nove anos sem enviar representantes ao Mundial Sênior, o Paraguai será representado pela atleta Ana Paula Fernandez. A jovem, com dupla nacionalidade, ingressou na canoagem por meio do Projeto Social Meninos do Lago. Há dois anos, ela representa a nação paraguaia nas competições, e treina no Canal Itaipu.

 

“Vejo que nós servimos de espelho para os outros atletas”, disse Ana Paula, para quem seu trabalho como canoísta está apenas começando. “Quero adquirir experiência, mesmo que seja cedo para falar em pódio ou medalha ou de uma classificação para os Jogos Olímpicos”.

 

O técnico da equipe paraguaia é o brasileiro Adriano Bragança, que também trabalha na equipe do Imel. Para ele, a importância de estarem disputando essa competição é incentivar a prática esportiva do outro lado da fronteira.

 

A última participação do Paraguai em um Mundial Sênior de Canoagem Slalom ocorreu em 2006, em Praga, na República Tcheca, com Gabriela Albertini (K1 Feminino). 

 

Atletas da equipe brasileira

 

K1 e C1 Feminino – Ana Sátila
K1 Masculino – Pedro Gonçalves, Ricardo Taques e Fábio Scchena
C1 Masculino – Felipe Borges, Leonardo Curcel e Thiago Serra
C2 Masculino – Charles Corrêa e Anderson Oliveira / Rafael Souza e Pedro Aversa

Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique