Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

No JIE da Itaipu Binacional

23/07/2014

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Turbinadas

Meninos do Lago brilham no Pan
23/07/2014 | 15h52


Projeto social e esportivo apoiado pela Itaipu no topo do pódio: Felipe da Silva recebe a medalha de ouro.
   
Jovens canoístas do Instituto Meninos do Lago (Imel), que conta com o apoio da Itaipu, se destacaram no Campeonato Pan-Americano de Canoagem Slalom, entre 11 e 13 de julho, no México, e ajudaram o Brasil a ficar com o primeiro lugar entre todos os países participantes da competição. O evento ocorreu na cidade de Huauchinango, com a participação de 97 atletas, de 11 países.
   
A seleção brasileira voltou do evento com cinco medalhas de ouro – uma delas com significado especial. Felipe da Silva – atleta da seleção brasileira e revelado pelo projeto social Meninos do Lago, patrocinado pela Itaipu – desbancou cinco anos de invencibilidade do argentino Sebastian Rossi ao conquistar o ouro na categoria C1M (canoa masculina individual). Ele somou 87,18 segundos de prova, diante dos 88,90 segundos do argentino. “Foi muito difícil e estou feliz”, disse Felipe da Silva.
   


A performance de Ana Sátila a confirma como a maior promessa olímpica do Brasil para os Jogos Olímpicos de 2016.

  
O Imel coordena um projeto sociodesportivo homônimo, patrocinado pela Itaipu – o Meninos do Lago. O instituto representa os atletas do projeto e demais canoístas de Foz do Iguaçu – inclusive os integrantes da seleção brasileira permanente, que tem sede na cidade – em competições nacionais e internacionais.
   
Brasileira e paraguaia
   
O Paraguai também foi beneficiado com a atuação dos atletas do Projeto Meninos do Lago. A jovem Ana Paula Fernandes Castro, que tem dupla cidadania, defendeu o país vizinho e trouxe para Foz do Iguaçu a medalha de prata na categoria C1W, com uma descida completa em 116,17 segundos. Com isso, ela também conquistou a vaga para o Pan-Americano de 2015.
   


Ana Paula Fernandes Castro (à direita): medalha de prata e vaga no Pan de 2015.

  
“É como um sonho. Tenho muito a agradecer à Itaipu, que me deu a oportunidade de aprender uma modalidade olímpica, algo impossível se não fosse o Projeto Meninos do Lago, e à Federação Paraguaia e à Confederação Brasileira, que acreditaram em mim e me proporcionaram a participação nesse evento”, afirmou a jovem.
   
Outros bons resultados
  
Outros jovens do projeto social também tiveram bom desempenho: Leonardo Lucas Curcell foi o quarto colocado na categoria C1M, enquanto os gêmeos Wallan de Carvalho e Weltton de Carvalho foram quinto na C2M (canoa masculina
dupla).
   


Pedro Henrique Gonçalves da Silva (centro), do Imel: ouro no K1M.

  
Meninos de Ouro
  
As demais medalhas de ouro foram obtidas por Ana Sátila Vargas (atleta da seleção brasileira e do Imel), categorias K1F (caiaque feminino individual) e C1W (canoa femina individual); Pedro Henrique Gonçalves da Silva (seleção brasileira e atleta de Piraju-SP), categoria K1M (caiaque masculino individual); e Anderson Oliveira e Charles Correa, na categoria C2M (seleção brasileira e atleta de Piraju-SP).
   
A performance de Ana Sátila confirma a atleta como a maior promessa olímpica do Brasil para os Jogos Olímpicos de 2016.

  
Segundo a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), o sucesso dos brasileiros só não foi maior em função do regulamento da Federação Pan-americana, que premia apenas um atleta por país. Do contrário, além dos cinco ouros, a equipe traria mais duas pratas e dois bronzes.
   
“Os resultados conquistados no México deixam claro que estamos no caminho correto”, disse o chefe da equipe, Argos Gonçalves Dias Rodrigues. “É preciso deixar claro, porém, que a realidade para os Jogos Pan-americanos de 2015 será muito diferente da encontrada neste evento. Lá enfrentaremos franceses, eslovacos, poloneses que estarão representando a Argentina, os Estados Unidos e Canadá, o que tornará a prova mais difícil."
  
O JIE publicou
Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique