Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

Campeonato Pan-americano 2014 - Hauchinango -MEX

14/07/2014

Mais um evento para ficar na história

 

De 11 a 13 de julho foi realizado na Cidade de Huauchinango, no Estado de Puebla, no México, o Campeonato Pan-americano de Canoagem Slalom que contou com a participação de onze países  os quais foram representados por noventa e sete atletas nas categorias K1M, K1F, C1M, C1F e C2.

 

O Governo de Puebla e a Cidade de Huauchinango prepararam um grande evento de canoagem, muito bem organizado desde o receptivo na Cidade do México, como toda infraestrutura,  a começar pela construção de uma ótima pista de canoagem. Além disso, ofereceram gratuitamente hospedagem, alimentação, transporte e etc  que sem dúvida, não ficou devendo nada às grandes competições internacionais.

 

Foi um evento muito importante para o Continente Americano, pois se tratou das seletivas para os  “Jogos Pan-americanos”, que acontecerão de 16 a 26 de julho de 2015, na Cidade de Toronto, no Canadá, onde, pela primeira vez, a Canoagem Slalom estará presente.

 

O objetivo do Brasil era conquistar o mínimo de 4 medalhas e garantir vagas nas cinco categorias oficiais. Além disso, o Projeto Meninos do Lago, da Itaipu Binacional, preparou duas atletas, que possuem dupla nacionalidade, para representarem o Paraguai e conquistar as vagas na C1F e K1F.

 

Para surpresa de muitos e do próprio povo mexicano que acompanhou em massa as competições, o Brasil simplesmente venceu em todas as categorias e de quebra auxiliou o Paraguai a trazer uma medalha de prata na C1F e as duas vagas pretendidas inicialmente. O sucesso só não foi maior por conta do regulamento da Confederação Pan-americana que premia apenas um atleta por País, caso contrário, além dos 5 ouros, a equipe traria mais duas pratas e dois bronzes.

 

Para o Chefe de Equipe Argos Gonçalves Dias Rodrigues, esse evento demonstra que o planejamento realmente está surtindo efeito e que outras bonitas histórias serão construídas nesta modalidade, mas que para os Jogos Pan-americanos não dará para contar com as 5 medalhas de ouro para o Brasil:

 

“Apesar de alguns atropelos que comprometem a eficácia do nosso planejamento, os resultados conquistados no México deixam claro que estamos no caminho correto. Entretanto é preciso esclarecer que a realidade para os Jogos Pan-americanos de 2015 será muito diferente da encontrada neste evento. Lá vamos ter que enfrentar franceses, slovakos, polonoses que estarão representando a Argentina e os Estados Unidos, o que complicará muito para podermos repetir estes nossos resultados conquistados no México”.

 

 

                                           

  
   - Ana Paula e Jaquelini Chiqueti

 

As atletas do Projeto Social Meninos do Lago Ana Paula Fernandes Castro (17) e Jaqueline Felipe de Souza Chiqueti (15), que representaram o Paraguai, por possuírem dupla nacionalidade, estavam eufóricas pela participação no primeiro evento internacional e pelos resultados conquistados:

 

“Desde a cerimônia de abertura que foi encantadora e muito participativa com o povo de Huauchinango, senti que esse evento seria diferente em minha vida. Ao conquistar a medalha de prata para o Paraguai e a vaga para os Jogos Pan-americanos de 2015, pensei estar vivendo um sonho, um sonho maravilhoso. Tenho muito a agradecer a Itaipu Binacional que me deu a oportunidade de aprender  uma modalidade olímpica que seria impossível pensar se não fosse o Projeto Meninos do Lago e à Federação Paraguaia e Confederação Brasileira que acreditaram em mim e me proporcionaram a participação nesse encantador evento” – disse Ana Paula Fernandes Castro.

 

Para a jovem Jaqueline Chiqueti o evento foi um importante aprendizado:

 

“Quando o sinal sonoro do cronômetro oficial começava a ecoar para a largada meu coração parecia que ia sair pela boca. Nunca me senti tão nervosa assim e, por esse motivo, não consegui fazer grandes descidas. Mas torci muito pela Ana Paula e com ela conseguimos as duas vagas para os Jogos Pan-americanos de 2015 para o Paraguai. Espero melhorar muito até lá e poder auxiliá-la em conquistas de medalhas”.

 

Para o treinador do Projeto Meninos do Lago, Adriano Siano Bragança, que também comandou a equipe paraguaia, o evento foi fantástico para o aprendizado das atletas e para que o Paraguai tenha o feedback de que existe real possibilidade de medalhas nos Jogos Pan-americanos:

 

"Oxalá essa nossa experiência desperte no Paraguai e, se possível, com a parceria da própria Itaipu Binacional, um grande centro de Canoagem no lado paraguaio. Isso é fundamental para o desenvolvimento do nosso esporte, pois precisamos de mais países no continente sul-americano. Hoje é possível o País sonhar com uma medalha nos Jogos Pan-americanos de 2015, o que seria um feito histórico".

 

 

 



 ·         Felipe da Silva (20)

 

Se tinha uma medalha de ouro assegurada para a Argentina era na categoria C1M, onde o atleta Sebastian Rossi domina as provas continentais já há mais de 4 anos. Infelizmente para os hermanos havia um brasileiro de Foz do Iguaçu disposto a quebrar essa hegemonia. Com uma descida incrível na prova final, o atleta Felipe da Silva, originário do Projeto social Meninos do Lago, conseguiu o tempo de 87,18 segundos contra 88,90 segundos do argentino e garantiu a inesperada medalha de ouro para o Brasil.  

 

“Tirei a invencibilidade de cinco anos do argentino Sebástian Rossi. Foi uma prova muito difícil e estou muito feliz”, resumiu Felipe, em poucas palavras, o seu contentamento.

 

 

·         Atletas do Instituto Meninos do Lago


 

Outros atletas filiados atualmente ao Instituto Meninos do Lago, Entidade de Prática Desportiva da Cidade de Foz do Iguaçu, fizeram bonito no Campeonato Pan-americano, são eles:

 

 

 

 

- Ana Sátila Vieira Vargas -  A cada evento comprova ser a grande atleta feminina do Continente Americano. Ganhou medalha de ouro em duas categorias: K1F e C1F

- Marina Souza Costa (18) – 3º Lugar na categoria C1F (embora tenha sido o terceiro melhor resultado, pela regras da COPAC, apenas um atleta por país sob ao pódio. Vencendo a prova a brasileira Ana Sátila, Marina caiu para o 4º Lugar oficialmente.

- Leonardo Lucas Curcell (20) – 4º Lugar na categoria C1M;

- Wallan de Carvalho e Weltton de Carvalho  (17) – 5º Lugar na categoria C2M;

- Fábio Scchena Dias Rodrigues (21) – 25º Lugar K1M-  Penalizado com uma falta de 50 segundos ficou fora da final, onde teria grandes chances de vencer a prova pois havia ficado apenas 0,82 segundos do melhor tempo na fase classificatória.

 

Demais atletas brasileiros residentes em Foz do Iguaçu, mas filiados em outras agremiações:

 

- Pedro Henrique Gonçalves da Silva - 1o Lugar - K1M - Piraju-SP

- Ricardo Martins Taques - 2o Lugar - K1M - Tibagi-PR (pelas regras COPAC/4o Lugar)

- Anderson Oliveira e Charles Correa- 1o Lugar - C2M - Piraju-SP

- Cassiano Alfredo e Wellington Munhoz - 2o Lugar - C2M - São José Rio Pardo (pelas regras COPAC/4o Lugar)

- Charles Correa - 3o Lugar - C1M - Piraju -SP (pelas regras COPAC/4o Lugar)

- Milene Wolf - 7o Lugar - K1F - Piraju - SP

 

Resultados oficiais: http://www.panamericanoskayakhuauchinango.com/

 

 

 

Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique