Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

1º Etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom e Seletiva Nacional aconteceram em Tomazina (PR)

12/05/2014

 

Site CBCa

 
Competição em alto nível nas águas do Rio das Cinzas


Depois de três dias de disputas, os 111 canoístas se despedem das corredeiras do Rio das Cinzas, em Tomazina, no Paraná. Aconteceu neste final de semana na cidade a 1ª Etapa da Copa Brasil e a continuação da Seletiva Nacional com a presença dos melhores canoístas do país. Pelo K1 Masculino Sênior Pedro Henrique Gonçalves conseguiu o primeiro lugar fazendo a prova em 85.26 segundos. “Trabalhei muito em cima de mim mesmo nos últimos anos e hoje estou colhendo os frutos”, lembra o pirajuense.  Felipe da Silva Leite foi o melhor no K1 Masculino Junior fechando a melhor descida em 105.93. 
 
Na disputa pelo K1 Feminino Sênior, Ana Sátila sem surpresas levou a melhor e afirmou seu favoritismo. A jovem de 18 anos fez o tempo de 98.23 segundos no K1 e também levou o C1 Feminino (108.85) no evento. Seguindo os passos da família, a irmã de Ana, Olmira Maria foi à vencedora do K1 Feminino Junior (111.60). Já no K1 Masculino e Feminino Menor, Guillherme Schena e Beatriz de Paula Motta foram os campeões das categorias, respectivamente.
 
O Iguaçuense Felipe Borges concluiu o percurso em 95.38 segundos e levou o C1 Masculino Sênior. No C1 Masculino Menor Antony Carlos de Macaé venceu a disputa (121.88). Já pelo C1 Masculino Junior Maicon Borba, de Foz do Iguaçu (PR), ficou em primeiro com o tempo de 103.02. “Isso foi muito bom pra mim e estou muito feliz pelo meu desempenho”, disse o atleta que também conseguiu o ouro no C2 Masculino Junior com o seu colega Carlos Eduardo descendo em 110.59 segundos os obstáculos no Rio das Cinzas. Já a melhor dupla nacional em 2013 disputando o C2 Masculino Sênior, Anderson Santos e Charles Corrêa conquistaram mais um título concluindo em 105.39 segundos a prova.
 
Na avaliação de Guille Diez-Canedo, auxiliar técnico da Equipe Permanente, as condições naturais do Rio das Cinzas é boa. “É uma excelente pista para uma prova de Copa do Brasil ou uma pista alternativa para os treinos”. Para ele agora o foco dos atletas é em relação às competições internacionais. “Os próximos desafios são as provas da Copa do Mundo em Londres, Tacen e Praga, onde os canoístas continuarão acumulando experiência nas disputas com os melhores atletas e também nas melhores pistas”.
 
Prova por Equipes
O trio feminino: Poliana Aparecida de Paula, Nathália Siqueira e Milene Wolf venceu a disputa com a melhor descida em 155.01 segundos. Já na equipe masculina: Ricardo Martins Taques, João Vitor Machado e Fábio Scchena foram os vencedores com o tempo de 109.93 segundos.

Quadro de medalhas
Nas disputas gerais do evento o Instituto Meninos do Lago, de Foz do Iguaçu (PR), ficou em primeiro lugar com 2.200 pontos, seguido pela Associação Pirajuense de Esportes Náuticos, de Piraju (SP), com 1.650; e pela Associação Trescoroense de Canoagem, de Três Coroas (RS), com 600 pontos.


Seletiva Nacional
Simultaneamente ao evento também aconteceu neste final de semana a continuação da Seletiva Nacional de Canoagem Slalom que irá definir melhores os canoístas brasileiros que representarão o Brasil nos próximos eventos internacionais da modalidade. O resultado com o nome da equipe completa será divulgado em breve pelo Comitê de Canoagem Slalom da Confederação Brasileira de Canoagem.
 
Preparação para 2015
No próximo ano o Brasil sediará o Campeonato Mundial Junior & Sub 23 2015, evento que será realizado no Canal Itaipu, em Foz do Iguaçu, Paraná, e a expectativa é grande. Neste ano de 2014 o país fez um bom resultado no Mundial que aconteceu na Austrália. O Brasil participou com 16 atletas, mas foi a canoísta Ana Sátila que entrou para a história do esporte conquistando uma medalha de ouro no K1 Feminino Júnior, além de ter ficado em quarto lugar no C1 Feminino Júnior.
 
Além do desempenho de Sátila, o país conseguiu o quinto lugar no C2 Masculino Sub-23 com a dupla Charles Corrêa e Anderson Oliveira. Pelo K1 Masculino Sub-23 o atleta Pedro Henrique Gonçalves ficou em nono. Já no C2 Masculino Junior duas duplas de Foz do Iguaçu que são estreantes em Mundiais conseguiram chegar à final: Maicon Borba e Carlos Eduardo ficaram em sétimo lugar. Outra dupla formada pelos gêmeos Wallan e Welton de Carvalho conquistou a nona posição.
 
Existe uma preparação que iniciou em 2012 com a formação de atletas e a constituição do Projeto da Equipe Permanente que surgiu graças a parceria da Confederação Brasileira de Canoagem Slalom (CBCa) e a Federação Paranaense de Canoagem (FEPACAN) que contou com o apoio e o financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Ministério do Esporte e Comitê Olímpico Brasileiro (COB). 

Resultados completos do evento em: http://www.canoagem.org.br/evento/resultados/eventos_id/757
Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique