Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

Projeto Meninos do Lago vence o Prêmio Orgulho Paranaense 2013

12/12/2013



Projeto é desenvolvido em Foz pela FEPACAN em parceria com a Itaipu Binacional e revela novos talentos na Canoagem Slalom

 

Na noite desta quarta-feira (11), em Curitiba (PR), o Projeto Meninos do Lago (IMEL) ganhou o Prêmio Orgulho Paranaense 2013, concorrendo como um bom exemplo de ação no esporte na categoria: “Federação Esportiva”. O prêmio foi através da Federação Paranaense de Canoagem (FEPACAN). O Meninos do Lago conta com apoio da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) além da importante parceria com a Itaipu Binacional. Hoje ele é conhecido na Canoagem Brasileira como um grande celeiro de novos talentos da Canoagem Slalom.

 
O evento criado pela Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo em parceria com a RPCTV tem como intuito exaltar entidades ou cidadãos paranaenses em destaque no esporte. Neste ano a FEPACAN concorreu com outros dois importantes projetos desempenhados no Estado, um realizado pela Federação Paranaense de Ciclismo com a ação Clube Educacional da Bicicleta e outro da Federação Paranaense de Hipismo com ação Enduro Paraequestre.
 
Desde o ano de 2009 em parceria com a Itaipu Binacional a FEPACAN vem promovendo o projeto no Oeste do Paraná que logo se transformou no projeto modelo da Confederação Brasileira de Canoagem pela inovadora metodologia de trabalho.
 
Celeiro da nova safra de canoístas – Em face dos bons resultados colhidos neste curto intervalo de tempo, os atletas de Foz do Iguaçu já se tornaram destaques nos eventos do Circuito Nacional de Canoagem Slalom e também adquiriram direito a programas governamentais, tais como o Bolsa Atleta do Ministério do Esporte e TOP 2016 do Governo do Estado do Paraná. Além disso, jovens canoístas que iniciaram no Projeto Meninos do Lago hoje já integram  a Equipe Permanente de Canoagem Slalom, onde destacam-se Leonardo Curcel que conseguiu uma medalha de prata [C1 Masculino Sênior] no Campeonato Sul-Americano, no Chile, em outubro; e Felipe Borges da Silva que está bem posicionado no ranking nacional. Além disso, os gêmeos Wallan Patrick e Wellton Pietro estão crescendo tecnicamente e são visto como revelações no C2 Masculino Júnior.
 
O bom resultado também deve ser obtido fora das águas – De acordo com Joel de Lima, assistente do Diretor Geral da Itaipu Binacional, o trabalho não se resume somente no âmbito esportivo, os atletas também precisam mostrar que são bons também na escola:
 
“Os meninos envolvidos no projeto, antes de entrar em qualquer embarcação têm a obrigação de mostrar o boletim com notas azuis mostrando bons resultados na escola. Só depois disso eles vão para o segundo momento que é a canoagem. Nós temos exemplos de atletas que eram excelentes tecnicamente, mas não tiveram um bom desempenho escolar. Eles acreditavam que nós iríamos tolerar esta situação, mas eles foram afastados do projeto e só retornaram quando melhoraram os índices em sala de aula. Isso mostrou para eles que a educação é tão importante quanto a canoagem, este formato é pedagógico e serve de exemplo para todos os outros jovens canoístas”.
 
Valorização do trabalho esportivo no Estado – Para o presidente da FEPACAN, Valdecir Fernandes da Cruz, foi uma honra muito grande participar e ser escolhido de mais essa nova iniciativa do Governo do Paraná:
 
“Quando elaboramos o Projeto, fizemos com a intenção de ser realmente inovador para o esporte da Canoagem Slalom Brasileira. Os princípios morais e éticos bem definidos que contemplam não só a formação desportiva, mas, principalmente, a formação social do nosso atleta tem revelado ser a grande chave do sucesso, visto que o IMEL (Instituto Meninos do Lago), desde que iniciou sua participação no Ranking Nacional da Canoagem Slalom no ano de 2010 é o grande campeão na 1ª e 2ª Divisões, sendo que neste ano não perdeu uma etapa sequer no Circuito. Para nós é uma surpresa e uma honra muito grande sermos escolhidos no Prêmio Orgulho Paranaense 2013”.

 
A importância do patrocinador – Argos Gonçalves Dias Rodrigues, um dos idealizadores do Projeto e superintendente da CBCa, avalia que o resultado concreto de hoje e a consagração com o reconhecimento através do prêmio deve-se principalmente à confiança dos patrocinadores que ajudaram na execução do Meninos do Lago:
 
“O Projeto seria apenas mais uma das inúmeras ações desportivas existentes no Estado do Paraná se não fosse o apoio e patrocínio de uma das maiores empresas brasileiras: a Itaipu Binacional. O padrão de excelência dessa empresa exigiu que tivéssemos bem definidos a visão, os principais valores e a missão que norteiam todas as nossas ações e os resultados não poderiam ter sido outro senão a de se transformar no Projeto Modelo da própria Confederação Brasileira de Canoagem”.
 

O prêmio, criado pelo secretário de estado do Esporte, Evandro Rogério Roman, chega neste ano a sua terceira edição. “É um prêmio que foi criado para reconhecer o valor dos paranaenses”, destaca Jaqueline Ribas, supervisora técnica da gestão sócio-esportiva da Secretaria de Estado de Esporte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique