Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Notícias

Meninos do Lago ganham 37 barcos

24/08/2012

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JIE ITAIPU

24/08/2012 | 11h23

Atletas testam os novos barcos, doados pelo Ministério do Esporte.

    

Em reconhecimento à evolução da canoagem brasileira, o Ministério do Esporte está investindo R$ 1 milhão em quatro centros de treinamento espalhados pelo País - R$ 250 mil em cada um. A primeira parte desse investimento foi concretizada nesta quinta-feira (23), com a entrega de 37 barcos para cada centro.

 
Em Foz do Iguaçu, um dos quatro centros contemplados, a entrega ocorreu no Canal Itaipu, em cerimônia que antecede a 3ª Copa Brasil de Canoagem Slalom, que ocorre no mesmo local, desta sexta-feira (24) a domingo (26).

    

Argos Rodrigues (superintendente CBCA), Ricardo Gomyde, Joel de Lima e João Tomazini.

    

O representante do Ministério do Esporte, Ricardo Gomyde, ressaltou a importância dessa entrega ser feita no espaço criado pela Itaipu para a prática da canoagem. O Canal Itaipu já sediou campeonatos brasileiros, pan-americanos e mundiais. A empresa também investe na formação de atletas, com o projeto Meninos do Lago, e oferece a infraestrutura para os treinamentos da Seleção Brasileira.

    
“Itaipu fez essa raia fantástica e é muito clara a dimensão que o esporte ganhou com esse apoio. Estamos formando campeões que, com certeza, se tornarão medalhistas em 2016”, afirmou Gomyde.

    

Macaé (RJ), Primavera do Leste (MT), Pirajú (SP) e Foz do Iguaçu (PR) são os centros escolhidos para receber o investimento.
    
Para se ter uma ideia da evolução do esporte nos últimos anos, o plantel de atletas da primeira divisão era de 35 em 2008, chegou a 44 neste ano e a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCA) estima que serão 219 em 2016. Já a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, que não tinha participantes em 2005, teve 15 integrantes em 2006 e chega a 2012 com 169 competidores.
     
Além disso, pela primeira vez um atleta brasileiro conquistou o quinto lugar no Campeonato Mundial Júnior em 2012, na categoria C1. Na categoria K1 feminino, a melhor atleta brasileira (Ana Satila, do projeto Meninos do Lago), classificou-se entre as 16 melhores em Londres e, na categoria K1 masculino, o Brasil venceu os Estados Unidos e o Canadá, países de mais tradição no esporte, na seletiva olímpica da Canoagem Slalom.
    
“Por tudo isso, estamos confiantes neste início de um novo ciclo olímpico, que é o mais importante na história da canoagem brasileira, e também na preparação para os mundiais Júnior e Sub-23, que ocorrerão em 2015”, afirma o presidente da CBCA, João Tomazini Schwertner.

    


Experiência social do Meninos do Lago deverá ser replicada nos demais centros.
    

Segundo ele, uma segunda entrega de equipamentos doados pelo Ministério do Esporte (uniformes e barcos importados) ocorrerá em setembro.

 
Além de Foz do Iguaçu, os outros centros de treinamento beneficiados são Macaé (RJ), Primavera do Leste (MT) e Pirajú (SP). Cada um recebeu seus barcos em diferentes cores: vermelho, amarelo, azul e laranja, respectivamente. Com estruturas semelhantes, a ideia é que esses centros desenvolvam também projetos de cunho social, a exemplo do Meninos do Lago da Itaipu, segundo Schwertner.
     
Representando a diretoria da Itaipu, o assessor Joel de Lima, enfatizou que esse projeto, desenvolvido na margem brasileira da hidrelétrica com cerca de 200 jovens e integrante do Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), também interessa ao vizinho Paraguai. “Já iniciamos as tratativas para que jovens paraguaios também sejam beneficiados e venham treinar no Canal Itaipu”, afirmou.
     

Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique