Notícia
16/08/2018 02:08
Termina mais um grande evento internacional, o Campeonato Mundial de Caiaque Polo
Seleção brasileira melhora sua posição no ranking mundial.

O Mundial de Caiaque Polo, realizado em Welland – Canadá, confirma que a Europa continua sendo uma potência na modalidade.
 
“Como já sabíamos o Brasil estava em uma chave fortíssima e que seria difícil”, enfatizou Guilherme Galvão, diretor executivo da seleção brasileira de Caiaque Polo.
 
Na sua estreia o Brasil jogou para a Grã-Bretanha, Iran e Suíça, uma verdadeira pedreira para uma primeira fase. Acumulou cinco derrotas, três vitórias e um empate. Nada mal para o Mundial, só não poderia acumular essas derrotas na primeira fase que assim eliminou as chances de ficar dentro do top 10.
 
O Brasil estreou ansioso e nervoso nos primeiros jogos, cometendo muitos pênaltis e assim saindo atrás do placar, tornando difícil a recuperação.
 
Segundo seu técnico Fernando Carazzato, “no Mundial onde todas as equipes estão em altíssimo nível não se pode cometer erros”.
Infelizmente o Brasil não conseguiu alcançar seu objetivo que era ficar dentro do Top 10. A Europa está muito à frente dos países Sul-americanos, eles possuem ligas, inúmeros campeonatos durante o ano, jogos em todos os finais de semana, treinam e possuem material de alto rendimento.
 
Os atletas sentiram muito o cansaço físico, muitos jogos de alto nível acabaram minando nossos atletas que foram apenas com 6 integrantes para disputar, enquanto todos os times estavam com suas equipes completas tendo 3 reservas para poder fazer suas substituições.
 
Apesar de o Brasil não ter atingido seu objetivo, obteve uma melhor colocação no ranking mundial, finalizando em 19º, onde no último havia ficado em 20º no Campeonato Mundial realizado na Itália.
 
A Itália, última Campeã Mundial, não conseguiu segurar a Alemanha na final e ficou com o vice-campeonato e a Espanha terminou em terceiro lugar. Grandes seleções ficaram pelo caminho.
 
Men
1º Alemanha
2º Itália
3º Espanha
 
Women
1º Alemanha
2º Grã-Bretanha
3º Itália
 
Sub21 Men
1º Grã-Bretanha
2º Alemanha
3º Itália
 
Sub 21 Women
1º Alemanha
2º Polônia
3º Nova Zelândia
 
O planejamento para os próximos anos já começou, tanto a Diretoria Executiva quanto a Comissão Técnica estão trabalhando visando as próximas grandes competições, sendo elas o Campeonato Sul-americano (2018, Londrina / PR), Campeonato Pan-americano (2019, EUA ou Canadá) e o Campeonato Mundial (2020, Roma – ITA), além de focar nos treinamentos nas competições nacionais do calendário de 2019.

Filiações
Patrocínio
Apoio
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube