Notícia
16/08/2018 02:08
Termina mais um grande evento internacional, o Campeonato Mundial de Caiaque Polo
Seleção brasileira melhora sua posição no ranking mundial.

O Mundial de Caiaque Polo, realizado em Welland – Canadá, confirma que a Europa continua sendo uma potência na modalidade.
 
“Como já sabíamos o Brasil estava em uma chave fortíssima e que seria difícil”, enfatizou Guilherme Galvão, diretor executivo da seleção brasileira de Caiaque Polo.
 
Na sua estreia o Brasil jogou para a Grã-Bretanha, Iran e Suíça, uma verdadeira pedreira para uma primeira fase. Acumulou cinco derrotas, três vitórias e um empate. Nada mal para o Mundial, só não poderia acumular essas derrotas na primeira fase que assim eliminou as chances de ficar dentro do top 10.
 
O Brasil estreou ansioso e nervoso nos primeiros jogos, cometendo muitos pênaltis e assim saindo atrás do placar, tornando difícil a recuperação.
 
Segundo seu técnico Fernando Carazzato, “no Mundial onde todas as equipes estão em altíssimo nível não se pode cometer erros”.
Infelizmente o Brasil não conseguiu alcançar seu objetivo que era ficar dentro do Top 10. A Europa está muito à frente dos países Sul-americanos, eles possuem ligas, inúmeros campeonatos durante o ano, jogos em todos os finais de semana, treinam e possuem material de alto rendimento.
 
Os atletas sentiram muito o cansaço físico, muitos jogos de alto nível acabaram minando nossos atletas que foram apenas com 6 integrantes para disputar, enquanto todos os times estavam com suas equipes completas tendo 3 reservas para poder fazer suas substituições.
 
Apesar de o Brasil não ter atingido seu objetivo, obteve uma melhor colocação no ranking mundial, finalizando em 19º, onde no último havia ficado em 20º no Campeonato Mundial realizado na Itália.
 
A Itália, última Campeã Mundial, não conseguiu segurar a Alemanha na final e ficou com o vice-campeonato e a Espanha terminou em terceiro lugar. Grandes seleções ficaram pelo caminho.
 
Men
1º Alemanha
2º Itália
3º Espanha
 
Women
1º Alemanha
2º Grã-Bretanha
3º Itália
 
Sub21 Men
1º Grã-Bretanha
2º Alemanha
3º Itália
 
Sub 21 Women
1º Alemanha
2º Polônia
3º Nova Zelândia
 
O planejamento para os próximos anos já começou, tanto a Diretoria Executiva quanto a Comissão Técnica estão trabalhando visando as próximas grandes competições, sendo elas o Campeonato Sul-americano (2018, Londrina / PR), Campeonato Pan-americano (2019, EUA ou Canadá) e o Campeonato Mundial (2020, Roma – ITA), além de focar nos treinamentos nas competições nacionais do calendário de 2019.

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +