Notícia
24/09/2018 02:09
Seleção Brasileira está confiante para início do Mundial de Canoagem Slalom
Provas começam na próxima terça-feira, dia 25, com a disputa por equipes nas corredeiras de Deodoro

Depois de duas semanas contínuas de treinos nas pistas do Parque Radical do Rio, o clima é de otimismo e confiança entre os atletas da Seleção Brasileira de Canoagem Slalom. Eles participam, a partir da próxima terça-feira até domingo (25 a 30 de setembro), das provas do Campeonato Mundial de Canoagem Slalom Rio 2018. As competições trouxeram para as corredeiras de Deodoro cerca de 250 canoístas, de 40 países. A disputa por equipes abre as provas.
 
O treinador da equipe verde e amarela, Cássio Ramon Petry, avalia que fez uma boa preparação com a equipe. “Nós tivemos a oportunidade de treinar aqui (Parque Radical do Rio), de dezembro a março, o que foi ótimo, porque possibilitou conhecer melhor o canal, diferente de outros países”, pontua.
 
“Estamos na reta final para o início das competições. Os atletas estão bem. Estão motivados, o que é muito importante nesta fase. Sempre confiei no meu trabalho e eles também, da mesma forma que confio neles. Com isso, nós só temos a crescer em resultados”, complementa. O último dia de treino da equipe brasileira acontece na segunda-feira, quando os canoístas terão meia hora para testar pela última vez seus remos antes das competições.
 
A opinião do canoísta Charles Correa, que irá representar o Brasil na categoria C2 (canoa mista), não destoa de Petry. “Todo mundo está muito entrosado, unido, um ajudando o outro, então, acredito que esse Mundial será muito bom para toda a equipe”, diz.
 
 
E claro, o desejo é chegar ao pódio, porém, ele observa que o atleta tem que estar focado em todas as etapas das competições. “Todos nós sonhamos com a conquista do pódio, mas antes temos que fazer um bom trabalho e garantir uma vaga nas classificatórias”, frisa.
 
Ana Sátila, principal nome do Brasil da canoagem slalom da atualidade, também está confiante. “É muito legal competir em casa, além de trazer uma grande inspiração ao atleta. Eu dei 100% de mim em cada dia de treino. E, agora, eu me sinto muito preparada para as provas”, garante.
 
O colega de equipe, Fábio Scchena Rodrigues também acredita que o período de preparação foi produtivo. “Estamos bem preparados, fizemos um bom trabalho e estamos focados para as provas. Acredito que toda equipe fará uma boa competição”, espera.
 
Mundial de Slalom 2018 - O Campeonato Mundial de Canoagem Slalom Rio 2018 é uma realização da Academia Brasileira de Canoagem (ABraCan), supervisão técnica da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) em parceria com o Ministério do Esporte, com o apoio da Federação Internacional de Canoagem e Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +