Notícia
02/09/2018 02:09
O Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem se encerrou no dia 02 de setembro, com ótimos resultados na Paracanoagem.

Créditos: Leonardo Maiola


Este evento contou com o recorde de atletas, ao todo foram 65 paracanoistas que conseguiram elevar o nível do evento, demonstrando que a evolução dos resultados internacionais do Brasil no último Campeonato Mundial é fruto do desenvolvimento nacional da modalidade.
 
Luis Carlos Cardoso da Silva, corrobora com esta ideia. “Este Campeonato foi o bem melhor em relação aos últimos, tanto em relação a quantidade de atletas quando no nível, tenho certeza que desenvolveremos ainda mais atletas potências no nosso país e consequentemente, internacionais” comentou o atleta da Associação dos Servidores Publicos de São Bernardo do Campo, medalhista de prata no VL2 e bronze no KL1 no Campeonato Mundial, em Portugal.
 
Na Paracanoagem o evento foi seletivo para o Campeonato Sul-americano de Paracanoagem, o qual tem o objetivo de levar os melhores jovens atletas da Paracanoagem brasileira para a Argentina no final de novembro.
 
Gelson Moreira, técnico do Iate clube de Londrina, também entende que o Campeonato está em grande nível e demonstrou satisfação nos resultados obtidos. “Estou muito feliz com os resultados da equipe, obtivemos conquistas inéditas e isto me motiva a continuar o trabalho que estamos realizando”. Comentou o técnico de Igor Alex Tofalini e Giovane Vieira de Paula, campeão Mundial e finalista B, respectivamente, no Campeonato Mundial de Paracanoagem.
 
A equipe campeã por equipes foi a Associação Caiakagem de Canoagem de Brasilia, em segundo lugar ficou o Clube de Regatas Curitiba e em terceiro o Iate Clube de Londrina. “Estamos muito felizes de conquistar o segundo título nacional por equipe no ano”, citou o atleta Luciano Pereira Lima, da ACkC. Antes deste evento a associação de Brasília havia ganho a Copa Brasil de Paracanoagem – II Etapa.
 
“Este ano conseguimos atingir nossa meta de realizar três eventos nacionais, fator importante no desenvolvimento da nossa modalidade, pois entendemos que a competição é uma grande forma de desenvolver os atletas e atrair novos adeptos ao esporte, podendo realizar constantes avaliações técnicas e análises de desempenho”, citou Leonardo Maiola, supervisor do Comitê de Paracanoagem na Confederação Brasileira de Canoagem.

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +