Notícia
06/04/2017 11:22
MinC apoia projeto para levar indígenas às Olimpíadas
CBCa é um dos apoiadores do projeto que visa levar indígenas às competições esportivas internacionais

Fonte: Assessoria de Comunicação / Ministério da Cultura

O Ministério da Cultura (MinC), em parceria com o Ministério dos Esportes (ME) e com a Fundação Nacional do Índio (Funai), estão iniciando um projeto conjunto com o objetivo de levar indígenas brasileiros a competições esportivas internacionais, entre elas os Jogos Olímpicos de 2024. A ideia inicial é trabalhar com três modalidades: canoagem, tiro com arco e lutas. A iniciativa foi apresentada nesta terça-feira ao ministro da Cultura, Roberto Freire.
 
Responsável pelo projeto, a antropóloga e museóloga Ione Carvalho, assessora especial do ministro da Cultura, explicou que a ideia é trazer a noção dos povos indígenas sobre canoagem e outros esportes para o esporte olímpico. "O Ministério da Cultura procura tirar os povos indígenas da invisibilidade, fazer com o País conheça, reconheça e mostre ao mundo os indígenas brasileiros", disse.
 
Presente à reunião com o ministro, o presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, João Tomasini Schwertner, informou que, inicialmente, a entidade irá doar, com patrocínio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), 15 canoas e caiaques para comunidades indígenas do Alto Xingu. Além disso, será enviado um profissional para capacitação de técnicos indígenas na modalidade. 
 
"O projeto é importante para integrar as duas culturas. Estamos pensando nas Olimpíadas de 2024", informou. "Queremos dar condições para que os povos indígenas se qualifiquem e promovam o treinamento entre eles", completou.
 
O cacique Kanato Yawalapiti, da aldeia Palushayu, no Alto Xingu (MT), comemorou a iniciativa. "Esse projeto é muito importante para nós. Há tempos sonhamos com a oportunidade de colocar nossos atletas para participar de competições internacionais", afirmou. "Toda vez que acompanhamos as competições, há várias etnias, mas não têm indígenas. É por isso que luto para dar visibilidade aos nossos atletas. No Xingu, já nascemos remando, o que precisamos é aprender a técnica para competir", ressaltou.

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +