Notícia
25/06/2020 04:06
Lives irão resgatar as histórias da Canoagem Brasileira
O novo projeto #TBTdaCanoagem estreia nesta quinta-feira (25) e será um espaço para trazer grandes personagens que participaram de bons momentos do esporte, esse acervo vivo será mediado por Vit Vanicek

Quem não olha para o passado não saberá construir um bom futuro, pensando nisso a Canoagem Brasileira está desenvolvendo uma série de ações para o resgate histórico e dar jus aos personagens que marcaram por décadas as diversas modalidades que foram a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa). O mais novo projeto que estreia hoje (25) e será feito através de “Lives” pelo instagram com o nome #TBTdaCanoagem, todas as quintas-feiras às 19h00.
 
O projeto desenvolvido pela área de comunicação da CBCa será comandado por Vit Vanicek, canoísta desde 1981, nascido na República Tcheca ele mora no Brasil há três décadas e vivenciou de perto alguns momentos da Canoagem Brasileira. Entre eles os Jogos Mundiais da Natureza em 1997, viagens em maratonas pelo mundo, Jogos Olímpicos Rio 2016. Vit é árbitro da Canoagem Velocidade desde 2007.
 
“Vai ser um dos maiores desafios pra mim, saindo da minha linha de atuação e me aprofundando nas águas desconhecidas. Diferentemente da organização das provas, não tem um "manual". Espero junto com os entrevistados trazer maiores detalhes sobre os acontecimentos, vivências reais, enriquecer a história escrita e já publicada, através de contato das pessoas que fizeram essas histórias. Dar vida ao acervo histórico”, comenta Vit.
 
Os personagens foram pensados com muito carinho com o objetivo de contar os bons momentos e também as superações do passado, o projeto vai ser moldado conforme o seu desenvolvimento e o convite para os personagens será seguido com as sugestões do público.
 
 
Nessa primeira entrevista, Vit Vanicek será entrevistado pelo jornalista Fábio Canhete, assessor de imprensa da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) que media semanalmente outro projeto de entrevistas ao vivo o “Lives da Canoagem” todas às segundas-feiras. Nessa abordagem será apresentado como será a proposta e também serão dados alguns “spoilers” dos próximos entrevistados.
 
“Estamos resgatando a nossa memória, sempre ficamos fascinados nas conversas informais sobre fatos passados com personagens que construíram o que hoje é a Canoagem Brasileira, tínhamos uma grande necessidade de ter um espaço para mostrar para as novas gerações essas ricas histórias, será imperdível”, comenta Fábio.
 
Canoagem e sua história também através do E-Museu
A busca de valorizar o passado começou há vários meses, o primeiro projeto que começou a ser desenvolvido e será lançado na próxima semana é o E-museu da Canoagem Brasileira, uma ação em parceria com o eMuseu do Esporte que surge para registrar a memória do esporte em um formato inovador e colaborativo, valorizando a cultura e o legado de transformação social com uso da tecnologia. O museu virtual traz a tradicionalidade de um museu físico, além de exibição eletrônica incluindo um tour e a construção colaborativa de toda a sociedade. O projeto conta com o patrocínio da Enel Distribuição Rio, em conjunto com a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, por meio da Lei de Incentivo, do Governo Estadual.
 
Contando com o apoio de colecionadores, o eMuseu do Esporte terá oito museus virtuais permanentes, que serão lançadas em breve, em uma plataforma 3D robusta, dentre as quais estarão: Enel, e das entidades esportivas, Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), Comitê Brasileiro do Esporte Master (CBEM), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Museu Galeria Olímpica, Exército e a Marinha juntos no eMuseu do Desporto Militar. Esses espaços terão um tour virtual com exposição de acervos digitais inéditos, possibilitando experiências imersivas aos participantes. 
 
“A Canoagem Brasileira tem ricas histórias, grandes momentos marcantes de superação e de muitas conquistas, valorizar tudo isso será importante para as novas gerações e também porque sentíamos essa necessidade de deixar registrado todos os passos que demos, vai ser uma grande oportunidade de relembrar o que fizemos no passado que garantiu o nosso presente”, comenta João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem.












Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus