Notícia
25/08/2019 03:08
Isaquias Queiroz é ouro no Mundial na Hungria
A conquista foi no C1 Masculino 1000 metros, no sábado (25) ao lado de Erlon Souza pelo C2 Masculino 1000m eles haviam conquistado um bronze, ambas as categorias estarão em Tóquio 2020. Na Paracanoagem o saldo final fecha em quatro medalhas: Um ouro, uma prata e dois bronzes

Título inédito para o Brasil e para Isaquias Queiroz no o último dia de competições no Mundial de Canoagem Velocidade e Paracanoagem em Szeged na Hungria, o brasileiro garantiu a medalha de ouro para o Brasil pelo C1 Masculino 1000m. O atleta fez o tempo de 3:59.23s, no início da bateria o chinês Pengfei Zheng chegou a ficar na frente nos primeiros 250 metros, logo depois nos 500 o alemão Sebastian Brendel assumiu a liderança, mas dos 750 até os 1000 Isaquias Queiroz veio com tudo e mostrou sua força total e superou todos os seus concorrentes. No final quem também garantiu o pódio foi o Polonês Tomasz Kaczor com a prata [4:00.92s] e Adrien Bart da França no bronze [4:01’55s].
 
“É incrível ganhar uma medalha ainda não caiu a ficha, remar um C1 e um C2 é muito cansativo, é um trabalho uma estratégia de prova. A gente viu que estava muito complicado, fui remando dinâmico e chegou perto dos 250 finais eu vi que era meu. A prova do C2 também me deu mais confiança para ganhar mais essa medalha”, comenta o atleta.  
 
No C1 Masculino 1000 metros é a primeira medalha de ouro conquistada por Isaquias e inédita para o Brasil, nos anos de 2013, 2017 e 2018 ele subiu no pódio na mesma categoria ele havia garantido o bronze, essa disputa é olímpica e vai estar nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Mas esse não é o primeiro ouro em mundiais para o brasileiro. Em 2013 veio a primeira medalha dourada pelo C1 Masculino 500m, no ano seguinte manteve o pódio e veio mais ouro. No ano de 2015 a conquista veio ao lado de Erlon Souza no C2 Masculino 1000m e no ano passado pelo C2 Masculino 500m e no C1 Masculino 500m. Ao todo Isaquias acumula 12 medalhas em mundiais na sua carreira.
 
Isaquias Queiroz fecha sua participação em Szeged na Hungria com duas medalhas, essa de ouro e também um bronze ao lado Erlon de Souza no C2 Masculino 1000 metros modalidade que também é disputada em Jogos Olímpicos, os dois atletas garantiram duas vagas olímpicas para o Brasil.
 
Valdenice Conceição chegou a semifinal do C2 Feminino 200m e disputou a Final B (que não vale pódio) e conseguiu a terceira colocação. Vagner Souta ficou nas classificatórias do K1 Masculino 1000 metros. Os dois irão agora buscar a vaga olímpica destinada ao continente em uma disputa do Campeonato Pan-americano em 2020.
 
Paracanoagem fecha o evento com quatro medalhas
 
O Brasil fechou a participação na Paracanoagem com quatro medalhas, uma de ouro, uma de prata e duas de bronze, além de quatro cotas para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Luis Carlos Cardoso volta para o Brasil com duas medalhas, uma de ouro na prova do VL2 Masculino 200 metros e um bronze pelo KL1 Masculino 200 metros. Caio Ribeiro também conquistou dois pódios e ficou com uma prata no VL3 Masculino 200 metros e um bronze no KL3 Masculino 200 metros.
 
Os dois atletas garantiram mais duas cotas para o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, além deles Fernando Rufino que ficou em 6o lugar no KL2 Masculino 200 metros e Debora Raiza Ribeiro em 4o lugar no VL2 Feminino 200m, ambos garantem mais duas cotas para o país na Paraolimpíada do ano que vem.
 
 
Outros atletas da Paracanoagem participaram do Mundial, Mari Christina Santilli disputou a final do KL3 Feminino 200m e ficou na oitava posição.  Igor Tofalini garantiu a quarta colocação na Final B (que não vale pódio) do VL2 Masculino 200m e Giovane Vieira de Paula disputou outra Final B pelo KL3 Masculino 200 metros e fez o terceiro melhor tempo 43.44s.
 
Agora as atenções dos atletas irão para o Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem que acontecerá entre os dias 29 de agosto a 01 de setembro em Brasília.
 
Equipe do Brasil na disputa
Paracanoagem - atletas:
Caio Ribeiro de Carvalho
Luis Carlos Cardoso da Silva
Debora Raiza Ribeiro Benevides
Mari Christina Santilli
Giovane Vieira de Paula
Igor Alex Tofalini
Fernando Rufino de Paulo
 
Equipe técnica:
Maria Angélica de Jesus Rozalen
Akos Angyal
Thiago Pupo Fonseca
Carolina Izabela Martins de Lazari
Ana Carolina Ferreira Fernandes
 
Canoagem Velocidade - atletas:
Isaquias Queiroz dos Santos
Erlon de Souza Silva
Valdenice Conceição do Nascimento
Vagner Junior Souta
 
Equipe técnica:
Lauro de Souza Junior
Figueroa Conceição Souza
Alvaro Acco Koslowski

Filiações
Patrocínio
Apoio
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube