Notícia
11/08/2022 06:08
Isaquias conquista o ouro no C1M 1000m em Halifax
Igor Tofalini e Mari Santilli também conquistam um ouro cada pela Paracanoagem, além de duas pratas e um bronze nesta quinta (11), a competição termina nesta sexta-feira (12)

Foto: Raphael Champion - COPAC


No segundo dia de provas em Halifax, o Brasil se deu bem na canoa masculina com a medalha de Isaquias nos 1000 metros. Quem também trouxe muitas medalhas foi a Paracanoagem, foram dois ouros, duas pratas e um bronze. Nesta sexta-feira (12), é o último dia de provas do Campeonato Pan-americano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, ao todo 13 países com 100 atletas participam da competição.
 
O campeão olímpico Isaquias Queiroz não teve muitas dificuldades para vencer a partida do C1 1000m. Ele fez o tempo de 4:06.60s e em segundo lugar ficou Serguey Torres de Cuba (04:09.70s). Connor Fitzpartrick do Canadá é o terceiro (04:13.20s).
 
“Foi uma prova com o vento de frente, a gente deu uma segurada, mas competi bem. Voltando a um Pan-americano, fazia tempo que não competia, a última vez tinha sido há alguns anos atrás. Agora é mais curtir esse campeonato, dar uma desfrutada a competição”, falou Isaquias que entra novamente na água nesta sexta-feira (12), agora pelas provas do C1 500 metros, no rodapé do texto constam os horários completos.
 
O Brasil também participou de outras provas pela Canoagem Velocidade, Vagner Souta ficou em 5º. lugar no K1M1000m, Ana Paula Vergutz pela prova do K1 Feminino 500 metros também terminaram em 5º. Valdenice Conceição no C1 Feminino 200 metros foi a oitava colocada.
 
Paracanoagem com chuva de medalhas
O Brasil no VL2 teve uma cópia da prova do mundial que aconteceu na semana passada em Halifax. Igor Tofalini e Fernando Rufino subiram ao pódio, Tofalini ganhou a medalha de ouro, Rufino a de prata, o bronze ficou com o canadense Mathieu St-Pierre.
 
 
“Sempre é uma honra estar correndo em uma prova com um atleta como o Rufino, gostaria de agradecer toda a equipe que está fazendo isso acontecer e obrigado pela torcida”, esclarece Tofalini.
 
“Foi o meu primeiro pan-americano que parece um mundial, uma diferença pequena, foi uma prova bem disputada”, fala Rufino.
 
Pelo KL3 W200m Mari Santilli voou na água e terminou com a medalha de ouro no peito, ela fez o tempo de 0:54.40s , em segundo lugar ficou Erica Scarff do Canadá e em terceiro Jillian Elwart dos Estados Unidos.
 
“Essa é a minha embarcação do coração pra mim era uma obrigação conseguir essa medalha, eu dedico tudo isso para a torcida brasileira, todo mundo que me apoia que me ajuda e obrigado pelo carinho”, fala.
 
A Paracanoagem também conquistou mais medalhas no dia de hoje, Adriana Azevedo ficou com o bronze no KL1 200 metros e Debora Benevides com a prata no VL2. Ao todo a equipe brasileira termina com três ouros, três de prata e três de bronze.
Acompanhe a programação de provas:
Dia 03 – Sexta-feira (10)
Canoagem Velocidade
C1 500m com Isaquias Queiroz
09h30 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
11h45 – (Semifinal)* 1-4 para a final / resto fora
13h45 – (Final)
 
K1 500m com Vagner Souta
09h45 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
11h50 – (Semifinal)* 1-4 para a final / resto Final B
13h50 – (Final B)* Não vale pódio
13h55 – (Final A)
 
 
C1 500m com Valdenice Conceição
09h50 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
11h55 – (Semifinal)* 1-4 para a final
14h00 – (Final)
 
K1 1000m com Ana Paula Vergutz
10h10 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
12h15 – (Semifinal)* 1-4 para a final / resto fora

14h20 – (Final A)









Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus