Notícia
28/05/2022 06:05
Eliminatórias agitam as águas do Rio Tibagi neste sábado (28)
Foram 12 provas da Canoagem Slalom e também as primeiras chaves do K1 Extremo, neste domingo (29) acontecem as semifinais e finais das modalidades, o evento será transmitido pelo Canal Olímpico do Brasil

FOTO: Yuri Marinho - CBCa


Com aproximadamente 100 atletas na água neste sábado (28), o Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom e Canoagem Slalom Extremo que está sendo realizado em Tibagi no Paraná, contou com as provas eliminatórias. Neste domingo (29), acontecem as semifinais e finais, a partir das 11h00 da manhã haverá transmissão ao vivo pelo Canal Olímpico do Brasil.
 
Omira Estácia foi a mais rápida na primeira descida tanto no C1 quanto no K1 Feminino Sênior, por isso não precisou descer novamente na segunda descida. A canoísta do Instituto Meninos do Lago de Foz do Iguaçu, Paraná, fez o percurso com o caiaque em 88.63 segundos, já na canoa os mais de 200 metros foram concluídos em 95.88s.
 
“Eu gostei muito das minhas descidas achei que desci muito bem, a pista está excelente e deu para cansar bastante, a montagem da pista está perfeita gostei demais.  Quero brigar por medalhas amanhã”, fala Omira.
 
 
O mais veloz no C1 Masculino Sênior foi Charles Corrêa que representa a APEN – Associação Pirajuense de Esportes Náuticos de Piraju/SP, ele fez uma única descida no dia que garantiu sua ida direta para a semifinal depois de concluir a prova em 86.07 segundos, Charles ficou um ano sem competir, mas voltou com tudo este ano, na Seletiva Nacional foi o segundo mais rápido no geral, agora ele quer buscar a medalha de ouro em Tibagi.
 
“Ter parado um ano me prejudicou bastante, ainda mais que cada vez mais os atletas estão mais rápidos, eu acredito que estou voltando no caminho certo, estou treinando bastante em Piraju e também vou em alguns períodos para treinar no Rio de Janeiro, mas estou feliz por ter classificado direto para a semifinal”, fala.
 
 
No K1 Masculino quem teve o melhor desempenho foi o gaúcho Guilherme Mapelli, ele entrou na água uma única vez e fez a prova em 79.30 segundos. Neste sábado (28), foram disputadas as provas do C1 Feminino Menor, K1 Feminino Menor, K1 Masculino Menor, C1 Feminino Júnior, C1 Masculino Júnior, K1 Feminino Júnior, K1 Masculino Júnior, C1 Feminino Sênior, C1 Masculino Sênior, K1 Feminino Sênior, K1 Masculino Sênior e K1 Masculino Master.
 
O evento deste domingo (29) contará com a transmissão do Canal Olímpico do Brasil a partir das 11h00 da manhã com as finais da Canoagem Slalom, também haverá a transmissão das chaves finais da Canoagem Slalom Extremo, para assistir as provas você deverá acessar a página de transmissão oficial no link abaixo.
 
 
O sábado contou com as trials do K1 Extremo
Foram quatro categorias na água para a disputa dos barcos mais velozes, masculino e feminino júnior e sênior. No K1 Extremo Feminino Sênior, Omira Estacia (IMEL) fez o melhor tempo (48.51s), Guilherme Rodrigues (IMEL) o mais rápido no K1 Extremo Masculino Sênior, neste domingo (29) acontecem as chaves finais com transmissão ao vivo pelo Canal Olímpico do Brasil.
 
 
Ministro da Cidadania inaugura o Canal Tibagi neste domingo (29)
A Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) e a Prefeitura Municipal de Tibagi convidam os veículos de imprensa para a inauguração oficial do novo Canal de Canoagem Slalom nas margens do Rio Tibagi, no município de Tibagi/PR, neste domingo (29) a partir das 15h00.
 
Com investimento de R$ 1.189.779,04, o convênio foi firmado em 2018, através de uma emenda parlamentar do ex-deputado João Arruda. A obra será inaugurada com a presença do Ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento. Além deles, os deputados federais Sandro Alex e Aline Sleutjes, Superintendente-Geral do Esporte, representando o Governador do Estado do Paraná, Hélio Renato Wirbiski. Secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Everton Souza.
 
 
O canal semiartificial de Canoagem Slalom de Tibagi tem 250 metros de extensão, as corredeiras são de Classe II e III, com volume aproximado de 20 metros cúbicos. Trata-se de uma obra barata, com baixo custo de manutenção, e que irá trazer benefícios tanto para o esporte quanto para o turismo. Será uma opção de treinamento de baixo custo para equipes do Brasil e do mundo, e para atletas de nível internacional.









Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus