Notícia
06/08/2022 06:08
Dobradinha do Brasil no pódio: Tofalini é ouro e Rufino prata no VL2
Eles foram invencíveis e fecharam o quadro de medalhas do Brasil pela Paracanoagem no Mundial que está acontecendo no Canadá. Ao todo foram 1 ouro, duas pratas e um bronze para a Canoagem Brasileira que ficou na 3ª colocação no ranking geral

FOTOS: Fábio Canhete - CBCa


O Brasil termina em terceiro lugar no ranking geral de medalhas no Mundial de Paracanoagem que acontece em Halifax no Canadá, a mala volta cheia com um ouro, duas pratas e um bronze. Neste último dia de provas da modalidade o país finalizou com uma dobradinha no pódio do VL2 200 metros com Igor Tofalini conquistando a medalha de ouro e Fernando Rufino na prata. Também entraram na água para as disputas das finais: Adriana Azevedo, Giovane Vieira de Paula e Mari Santili.
 
O grande momento brasileiro aconteceu na prova quente do VL2 200 metros, a dobradinha formada por Fernando Rufino e Igor Tofalini que disputaram um do lado do outro na raia e mostraram emoção até o fim. No final Tofalini superou o atual campeão paralímpico fechando o tempo 51.67s, apenas 0.33s a frente do Cowboy de Aço que ficou com a prata.
 
“Quero agradecer toda a nossa equipe, o nosso treinador Thiago Puppo, Felipe, galera de Ilha Comprida, o pessoal de Londrina no Paraná, minha esposa e meu filho que vai nascer essa vitória é para todos vocês”, fala Tofalini.
 
“Nós já vinhamos brigando desde os treinos, a nossa preparação foi um pouco curta, mas ano que vem vamos estar bem melhor, atleta de verdade é o que veste a camisa faz acontecer. A “veiarada” do rodeio está firme na remada”, diz Rufino.
 
Neste sábado (06) também teve outras finais com atletas brasileiros, Adriana Azevedo disputou o KL1 200 metros e fez o tempo de 57.96 segundos o que a deixou em 7º lugar. Giovane Vieira de Paula também ficou na sétima posição depois de completar a prova em 49.77s do VL3 200 metros. Mari Santilli foi a 8ª do KL3 200m.
 
Ao todo foram quatro medalhas, sendo uma de ouro com Tofalini. Duas pratas: A de Fernando Rufino conquistada neste sábado na prova do VL2 e a outra por Luis Carlos Cardoso no KL1 200m. O bronze veio com Mari Santilli no VL3 200m. Com esse saldo, o Brasil termina sua participação em Halifax na terceira colocação geral, ficando atrás da Inglaterra e da Ucrânia.
 
“Um trabalho em equipe muito forte e com muito aprendizado com os resultados que a gente vem obtendo. Com ou sem medalha nosso foco é aprender com os resultados para buscar mais medalhas em Paris 2024”, comenta Fátima Fernandes, supervisora da Paracanoagem.
 
 
 









Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus