Notícia
23/08/2019 03:08
Depois do ouro, Luis Cardoso garante um bronze no Mundial na Hungria
Além da Paracanoagem o Brasil garantiu vaga na final do C2 Masculino 1000m na Canoagem Velocidade com Isaquias Queiroz e Erlon de Souza

O Brasil garantiu sua terceira medalha na Paracanoagem no Mundial que está sendo realizado em Szeged na Hungria, foi com Luis Carlos Cardoso que subiu no pódio depois de conquistar um bronze agora pelo KL1 Masculino 200 metros. Na quinta-feira (23), ele já havia ganho uma medalha de ouro pelo VL2 Masculino 200m e Caio Ribeiro uma prata no VL3 Masculino 200 metros. Na Canoagem Velocidade, Isaquias Queiroz garantiu vaga na semifinal do C1 Masculino 1000m e ao lado de Erlon Souza pelo C2 Masculino 1000m eles garantiram a vaga na final.
 
Duas medalhas pra casa! Luis Carlos Cardoso garantiu dois pódios no Mundial, depois do ouro o atleta garantiu na madrugada desta sexta (23) mais um pódio no KL1 Masculino 200 metros. Ele fez 46.49 segundos, já o húngaro Peter Pal Kiss ficou com a medalha de ouro (45.42s) e a prata com Estaban Farias da Itália (46.17s). “Eu estou muito feliz em poder subir no pódio duas vezes, agora é se preparar para ir a Tóquio”, comenta Cardoso que garantiu a vaga paralímpica ao Brasil, mas precisará passar pela seletiva nacional para carimbar seu passaporte.
 
Marli Christina Santilli também competiu nessa madrugada e disputou a final do KL3 Feminino 200m mas ficou oitava posição, ela fez o tempo de 51.48s.
 
Canoagem Velocidade avança no Mundial
Isaquias Queiroz disputou duas provas nesta sexta, uma foi pelas eliminatórias do C1 Masculino 1000 metros onde foi o mais rápido da quarta bateria [3:52.95s]. Ele garantiu vaga para a semifinal dessa categoria que irá acontecer neste sábado (24) às 10h58 da manhã.
 
Já ao lado de Erlon Souza no C2 Masculino 1000 metros, a dupla fez o tempo de 3:27.34s ficando em primeiro lugar na segunda bateria da semifinal. Eles estão classificados para a final que irá acontecer neste sábado (24) às 07h03 da manhã pelo fuso horário brasileiro. Para conquistar a vaga olímpica a dupla terá que ficar entre os oito primeiros na bateria que terá nove duplas.
 
Na prova do C1 Feminino 200 metros, Valdenice Conceição fez o tempo de 47.17s e ficou em quarto lugar, com esse resultado ela disputará a Final B, e também não garante vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 no Mundial, mas terá ainda a oportunidade de buscar a vaga continental que será disputada ano que vem.
 
O Mundial de Canoagem Velocidade e Paracanoagem que acontece em Szeged na Hungria está tendo transmissão ao vivo pelo site da Federação Internacional de Canoagem (ICF), acesse aqui.
 
 
Equipe do Brasil na disputa
Paracanoagem - atletas:
Caio Ribeiro de Carvalho
Luis Carlos Cardoso da Silva
Debora Raiza Ribeiro Benevides
Mari Christina Santilli
Giovane Vieira de Paula
Igor Alex Tofalini
Fernando Rufino de Paulo
 
Equipe técnica:
Maria Angélica de Jesus Rozalen
Akos Angyal
Thiago Pupo Fonseca
Carolina Izabela Martins de Lazari
Ana Carolina Ferreira Fernandes
 
Canoagem Velocidade - atletas:
Isaquias Queiroz dos Santos
Erlon de Souza Silva
Valdenice Conceição do Nascimento
Vagner Junior Souta
 
Equipe técnica:
Lauro de Souza Junior
Figueroa Conceição Souza
Alvaro Acco Koslowski

Filiações
Patrocínio
Apoio
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube