Notícia
02/11/2017 19:30
Definidos os campeões brasileiros no primeiro dia de disputa da Canoagem Slalom em Três Coroas/RS

Terminou o primeiro dia de competições do Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom em Três Coroas, no Rio Grande do Sul. Nesta quinta-feira já foram conhecidos os campeões brasileiros de 2017. Ana Sátila, Pedro Gonçalves (Pepê) e Felipe Borges mantém a invencibilidade na competição. Agora as atenções se voltam para os outros dois dias de classificatórias da Seletiva Nacional, que irão definir os canoístas que representarão o Brasil em 2018.
 
Favorita nas duas provas individuais femininas, Ana Sátila levou pela sexta vez dois ouros, um no C1 Feminino Sênior e outro no K1 Feminino Sênior, tornando a atleta olímpica hexacampeã nas duas categorias. Na canoa ela fez o tempo de 116.51 segundos, já no caiaque o seu melhor resultado foi de 103.81 segundos sem penalidades. Segundo a atleta a pista estava muito boa. “É uma pista divertida e eu particularmente gostei muito, de alto nível e bem complicada. Ela exige uma grande análise técnica”, diz. A atleta que participou das duas últimas edições dos Jogos Olímpicos explica que para os canoístas mais novos a competição é um incentivo. “Eles precisam desta competição para melhorarem ainda mais o nível, para a gente é um prazer participarmos de provas assim aqui no Brasil. Está sendo um evento maravilhoso e bem organizado”, complementa.
 
 
Ao lado de Sátila no pódio do K1 Feminino Sênior Marina Souza ficou com a prata e Ana Paula Castro levou o bronze. No C1 Feminino Sênior Ana Paula Castro ficou em 2º lugar e Marina Souza com a 3ª posição. Na disputa do K1 Feminino Júnior, Omira Estácia do Instituto Meninos do Lago também teve uma boa apresentação e garantiu o ouro. Já na categoria menor, Yasmin de Moura foi a campeã. Pelo C1 Feminino Júnior Beatriz da Motta ficou em primeiro lugar.
 
Pepe é heptacampeão
Pedro Gonçalves, de Piraju/SP, garantiu o seu sétimo pódio consecutivo no K1 Masculino Sênior. Ele conquistou o heptacampeonato na sua segunda descida, na qual fez o tempo de 92.31 segundos, o barco mais rápido do dia. “Eu estou bem cansado, competi oito vezes este ano e tentei fazer o meu melhor, busquei a velocidade, mas na primeira descida tive uma penalidade de 50 segundos, na segunda acertei e fui muito bem”, explica o canoísta, que agora já está com o foco na Seletiva Nacional. “Busquei ter um bom resultado no primeiro dia de classificatória, agora é fazer uma boa descida amanhã para garantir com tranquilidade minha vaga”, diz.
 
Além de Pepe, Anderson Oliveira e Guilherme Mapelli completaram o pódio da prova com uma prata e um bronze, respectivamente.
 
No K1 Masculino Júnior o atleta Guilherme Rodrigues retorna ao primeiro lugar do pódio depois de dois anos. O atleta que representa o Instituto Meninos do Lago de Foz do Iguaçu, no Paraná havia conquistado a medalha de ouro em 2016 mas no ano passado ficou com a prata. Ele garantiu o título com o tempo de 96.46 segundos, seguido por Murilo Sorgetz, da ASTECA, e Daniel Carrasco da APEN, completou trio com o bronze. Pelo K1 Masculino Menor o canoísta Lucas Oliveira, da ASTECA levou o ouro e Felipi Barrios e Guilherme Siqueira, ambos da APEN, ficaram com a prata e o bronze, respectivamente. Completando a categoria de caiaques masculino, a disputa pelo Master ficou com Thiago Ganeo, da ASCAPI, que conquistou o primeiro lugar, seguido por Enio Winkler e Rubens Sobrinho, ambos da ASTECA.
 
Felipe Borges mantém o ouro na canoa
Novamente a medalha de ouro no C1 Masculino Sênior fica nas mãos de Felipe Borges, o atleta garantiu o lugar mais alto no pódio na sua segunda descida fazendo em 103.53 segundos sem cometer nenhuma penalidade. “A tensão é dobrada em uma prova tão decisiva, eu percebi que não estava tão solto, agora as atenções irão para a seletiva”, explica o iguaçuense que ainda brigará para continuar representando o Brasil em competições internacionais nos próximos dois dias de classificatórias. Charles Corrêa, da APEN – Associação Pirajuense de Esportes Náuticos garantiu o segundo lugar e Leonardo Curcel, do Instituto Meninos do Lago o terceiro.
 
 
O canoísta prata da casa Gustavo Selbach Júnior foi o mais rápido nas duas oportunidades e também garantiu a medalha dourada no C1 Masculino Júnior. Os outros medalhistas foram Kauã da Silva com a prata e Bruno Cruz  com o bronze, ambos de Piraju – SP.
 
Mais resultados do Brasileiro
No C2 Masculino Sênior, Jean Oliveira e Willian Oliveira, ambos do IMEL, ficaram com a medalha de ouro. Pela categoria Júnior, os atletas da ASTECA Vinicius da Silva e Diogo Dias foram os vencedores. Guilherme Rodrigues, do IMEL, e Beatriz da Motta, da APEN, ficaram com o título no C2 Misto.
 
Nas disputas por equipes o trio Pedro Aversa, Thiago Serra e Denis Quelis garantiram a medalha de ouro no C1 Misto. Já no K1 Feminino, Ana Sátila, Omira Estácia e Marina Souza
conquistaram a medalha dourada. O trio campeão do K1 Masculino foi Pedro Gonçalves, Anderson Oliveira e Charles Corrêa.
 
Atleta retorna à canoagem depois de 10 anos
 
Uma reestreia marcou o Campeonato Brasileiro. O atleta de Piraju - SP Laercio David Fim, de 27 anos, voltou a remar depois de 10 anos fora dos rios. O intervalo aconteceu pela mudança da família do atleta para São Paulo, mas a vontade de David retornar ao caiaque não foi por água a baixo. O atleta já foi campeão brasileiro da categoria iniciante pelo K1 Masculino, em 2007 quando treinava com os amigos Ursão (Anderson Oliveira), Pepê (Pedro Gonçalves) e Charlinho (Charles Corrêa), todos de Piraju. Ele fez sua avaliação da prova: "Estou enferrujado ainda, mas foi bom para sentir o ritmo. A pista está bem montada, mas na segunda descida meu caiaque virou e acabei sendo penalizado. Apesar do resultado estou muito feliz de ter voltado” declarou o atleta que ficou em 12º.
 
 
 
Transmissão ao vivo das provas pela internet
O canal no youtube da Canoagem Brasileira irá transmitir ao vivo todos os dias de provas. Amanhã elas têm início a partir das 10h, acesse o link aqui.

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +