Notícia
15/05/2017 01:05
Definidos canoístas brasileiros que participarão das competições internacionais da Canoagem Slalom em 2017
A Seletiva Nacional aconteceu simultaneamente com a 2a Etapa da Copa Brasil neste final de semana em Foz do Iguaçu

Editado: 15/05, 19h30

Foram definidos os atletas que irão disputar as competições internacionais neste ano na Canoagem Slalom. Ao todo 45 canoístas disputaram a Seletiva Nacional realizada neste fim de semana em Foz do Iguaçu (PR) e os atletas classificados no K1 Masculino são: Pedro Gonçalves, Guilherme Mapelli e Renan Soares; no C1 Masculino: Felipe Borges, Charles Corrêa e Leonardo Curcel; e no C1 e K1 Feminino foi Ana Sátila.
 
Além destes, os atletas Guilherme Rodrigues, Murilo Sorgetz, Daniel Negrão, Gustavo Selbach Júnior, Kauã Silva, Omira Maria e Beatriz da Mota estarão no Mundial Júnior e Sub-23. A Seletiva Nacional aconteceu simultaneamente com as provas da 2a Etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom que reuniu 127 atletas que movimentaram as corredeiras do Canal Itaipu, sede do Centro de Treinamento de Canoagem Slalom do Brasil.
 
Pedro Gonçalves no K1 Masculino carimbou seu passaporte para as competições internacionais. “Flui na água e consegui fazer o que mais eu gosto, o que mais eu amo, que é remar”, comentou o atleta representando a APEN (Associação Pirajuense de Esportes Náuticos).
 
Renan Soares da ATICA (Associação Tibagiana de Canoagem) comemorou em dose dupla. Além de conseguir vaga na Seletiva, ele foi o mais rápido na 2a Etapa da Copa Brasil fechando a prova com 85.04. Segundo ele a preparação antes da prova é essencial com foco na análise de pista. “Isso é tão importante quanto executar a pista, o caminho que vai ser executado na água, a altura da baliza, até mais importante analisar do que descer”, esclarece também ressaltando o trabalho do treinador dos atletas do K1, Ricardo Martins Taques. “Eu procuro deixar os atletas trazerem as dúvidas e eu esclareço, cada um tem a sua particularidade”, disse Taques, mais conhecido como “Teco” na Canoagem Slalom Brasileira.
 
No C1 Masculino Sênior, Felipe Borges do Instituto Meninos do Lago (IMEL) foi o mais rápido na água e garantiu a vaga internacional e também o lugar mais alto do pódio na sua categoria. Fazendo o tempo de 89.47 segundos ele ficou à frente do seu conterrâneo Leonardo Curcel e homenageou sua mãe na conquista. “Estou muito feliz e dedico a minha vitória para a minha mãe, Isolde”, disse.
 
Pelas categorias femininas do K1 e C1 Ana Sátila continua imbatível. A atleta do Instituto Meninos do Lago carimbou com facilidade seu nome para as disputas fora do país. “Vamos para mais uma temporada, estou focada e quero agora buscar mais uma medalha em Copas do Mundo”, esclarece Ana que ano passado conquistou uma prata, em Praga, na República Tcheca, numa das etapas da Copa do Mundo.
 
Parte da delegação irá para a Europa no início do próximo mês e quem acompanhará nas competições é o técnico e ex-atleta olímpico Cássio Ramon Petry e o diretor técnico da Canoagem Slalom Antônio Pinto.
 
Bons resultados dos atletas Júnior & Sub-23
No K1 Masculino Júnior Guilherme Rodrigues (IMEL) esteve próximo do índice dos principais atletas brasileiros. Com o tempo de 86.46 segundos ele conquistou o pódio da 2a Etapa da Copa Brasil. No ranking geral ficou em quarto lugar, carimbou o passaporte no Mundial Júnior e quase foi no Mundial Sênior e Copas do Mundo. “Por pouco eu ia com os atletas principais também, acho que posso crescer ainda mais para os próximos anos”, explicou o jovem talento. Além de Rodrigues, Murilo Sorgetz (ASTECA) e Daniel Negrão (APEN) representarão o Brasil no Mundial Júnior. Já no K1 Masculino Sub-23 os representantes serão Renan Soares (ATICA) e Guilherme Mapelli (ASTECA).
 
Omira Estância (IMEL) disputará o K1 Masculino Júnior. Ana Sátila também disputa o C1 e o K1 Feminino Sub-23. Já no C1 Feminino Júnior a atleta Beatriz da Mota (APEN) será a atleta brasileira. 
 
Pelo C1 Masculino Júnior o atleta Kauã da Silva (APEN) subiu no pódio em primeiro lugar e em segundo ficou Gustavo Selbach Júnior (ASTECA), ambos irão a Eslováquia representar o Brasil no Mundial da categoria. No Sub-23 os representantes serão Felipe Borges, Leonardo Curcel e Thiago Serra.
 
Quem agradou o público foi Wesllen de Souza do Instituto Meninos do Lago. O jovem atleta de 12 anos do K1 Masculino Menor desceu nas águas do Canal Itaipu com um caiaque infantil e o seu resultado foi o sexto lugar, mas para ele valeu a diversão. “A canoagem é o que eu gosto e também me na escola. Eu venho aqui de segunda a sexta remar”, contou.

Caiaque Cross
A nova modalidade dos circuitos da Copa Brasil está cada vez mais agradando os atletas. Para muitos a prova é uma diversão. Pedro Gonçalves foi o mais rápido na categoria masculino. “É uma competição que tem tudo para crescer”, comenta. Entre as mulheres Beatriz da Motta venceu, “gostei desta prova, é uma grande adrenalina”, explica.
 
Pontuação por equipes
O Instituto Meninos do Lago (IMEL) fez quase o dobro de pontos do segundo colocado a APEN (Associação Pirajuense de Esportes Náuticos) seguidos pela ASCAPI (Associação de Canoagem de Piracicaba) com 550 pontos. O evento ao todo contou com a participação de sete associações.
 
Parceria com a Itaipu Binacional
A 2a Etapa da Copa Brasil e Seletiva Nacional foi patrocinada pela Itaipu Binacional, entidade que mantém o Projeto Social Meninos do Lago e atende mais de 120 atletas em Foz do Iguaçu. “A canoagem tem trazido grandes resultados para a Itaipu e estamos muito felizes porque este investimento se reverte em medalhas, ações sociais através do Projeto Social Meninos do Lago e divulgação da nossa cidade”, disse Márcio Bortolini da assistência da diretoria-geral da Itaipu Binacional.


 
Para o Secretário de Turismo, Indústria e Comércio de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla, o evento traz bons resultados para a cidade. ”É um evento que não faz bem só para o esporte, faz bem para o turismo e para a comunidade”, esclareceu. Para João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, a parceria com Itaipu é muito importante. “Desde que fizemos o primeiro evento aqui em 2007 os resultados sempre forem muito expressivos para a Canoagem Brasileira”, relembra.
 
Mais informações no site: www.canoagem.org.br

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +