Notícia
11/03/2017 17:41
Copa Brasil de Canoagem Velocidade e Paracanoagem começa no Paraná
Evento realizado no Parque Iguaçu, em Curitiba, também é válido como seletiva nacional para os eventos internacionais de 2017

Começou hoje no Parque Iguaçu, em Curitiba (PR), a Copa Brasil de Canoagem Velocidade e Paracanoagem com a presença de 149 atletas de 26 clubes e associações representando os estados da Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins. Neste sábado foram disputadas 31 finais e amanhã, último dia de competição, acontecem mais 21 provas com medalhistas.
 
O evento conta com a presença de ilustres canoístas como Caio Ribeiro, medalhista de bronze na Paracanoagem no Rio 2016; além dos atletas Mari Santilli, Debora Benevides, Luiz Carlos Cardoso, Igor Tofalinni que também representaram o Brasil na competição. Já Canoagem Velocidade os canoístas brasileiros que estiveram no Rio 2016 e estão na Copa Brasil, em Curitiba, são Roberto Maehler, Vagner Souta, Celso Oliveira, Edson Silva e Ana Paula Vergutz.
 
Base da canoagem na Copa Brasil
A Copa Brasil não é apenas a primeira competição do calendário de provas da CBCa, ela também é o primeiro contato de jovens atletas com o clima de um evento oficial de canoagem. Bruno Augusto Arruda Alves e Guilherme Antonio da Silva, ambos com 11 anos, são representantes da APEN (Associação Pirajuense de Esportes Náuticos) fizeram sua estreia neste sábado. Ambos começaram no esporte por influência de suas famílias e, por mais que ainda sejam novatos, já planejam o futuro no esporte “Meu objetivo é entrar para a seleção brasileira” diz Guilherme da Silva.
 
Maico Santos que foi o primeiro medalhista da competição (ele venceu o C1 Sênior Masculino 1000m e C2 Sênior Masculino 1000m) comentou a chance de ser um exemplo para as novas gerações: “Acho que é uma honra, aqui podemos dar um bom exemplo para as crianças que estão chegando. Minha mensagem para as novas gerações é a de nunca desistir, continuar sempre firme e forte e que nunca desistam de sonhar” diz o baiano, natural de Itacaré.

 
Dos 149 atletas participantes da competição, 30 têm menos de 15 anos de idade e a associação com maior número de atletas jovens é a IFSULMINAS (Instituto Federal do Sul de Minas) que conta com 07 atletas nessa faixa etária. O chefe da equipe da associação, Thales Teixeira Bianchi explica como as crianças inscritas recebem aulas do esporte no Instituto. “Nós temos um cronograma bem extenso de competições e atividades que mantém as crianças motivadas e animadas com a prática da canoagem”.
 
Classificatória Jogos Sul-americanos da Juventude
Durante a disputa da Copa Brasil deste sábado foram realizadas as seletivas para os Jogos Sul-Americanos da Juventude, que será realizado no mês de outubro, em Santiago, no Chile. Os atletas selecionados irão representar o Brasil na segunda edição da competição, que é realizada de quatro em quatro anos.  Dos doze atletas selecionados, no final ficarão quatro que irão para disputa, um em cada categoria K1 masculino e feminino, e C1 masculino e feminino.
 
Está competição é a única que tem um percurso diferenciado com a raia em formado de “S”, totalizando 400m. Na edição passada o Brasil conquistou o título de campeão Geral, com dois ouros e uma prata. 

 
Classificação Funcional
Ontem foi dia de Classificação Funcional da Paracanoagem na Copa Brasil, a equipe multidisciplinar realizou 14 novas avaliações. O que foi considerado um número expressivo para uma competição, evidenciando a evolução e a procura pelo esporte. “Nos últimos dois (eventos) nunca tivemos tantas classificações. Atribuo esta procura por atletas migrando de outros esportes e novos atletas devido a grande visibilidade que a Paracanoagem teve no Rio 2016, com a medalha de bronze do Caio”, comentou o João Paulo Casteli, chefe da classificação.
 
A Classificação Funcional é feita para igualar os atletas conforme suas limitações. Sendo divida em três classes: KL3 – com uso funcional das pernas, tronco e braços para remar; KL2 – tronco e braço e na KL1 – apenas braço.
 
A Copa Brasil de Canoagem Velocidade e Paracanoagem – 1a. Etapa tem organização da Confederação Brasileira de Canoagem; patrocínio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Ministério do Esporte por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, General Eletric (GE) e conta com apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Prefeitura de São José dos Pinhais e Prefeitura de Curitiba.
 
 
Vídeo Ao Vivo (streaming): https://www.youtube.com/canoagembrasileira
 
Programação: https://goo.gl/LXHs3z












Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus