Notícia
19/04/2019 03:04
Canoagem Brasileira realiza Assembleia 2019
Além da aprovação de contas, foi apresentado o novo projeto Canoagem Para Todos

Foi realizado na última segunda-feira (15), em Curitiba (PR), as Assembleias Ordinária e Extraordinária da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) com a presença da Diretoria Executiva, Comissão de Atletas, colaboradores, presidentes de federações estaduais, além de representantes de clubes e associações de Canoagem do Brasil. 
 
O presidente da CBCa, João Tomasini Schwertner abriu o ciclo de palestras da Assembleia Ordinária, e apresentou o relatório das atividades da entidade, falou sobre as relações com patrocinadores e apoiadores, e discutiu os principais assuntos referentes à Canoagem Brasileira no ano de 2018/19. Após Tomasini, foi apresentado a assembleia geral a prestação de contas com o parecer favorável do conselho fiscal e também da auditoria independente, no final as contas foram aprovadas por unanimidade.  
 
Logo após aconteceram as apresentações do Comissão de Atletas, além dos relatórios do Departamentos Técnico, de Projetos, de Eventos e também dos Comitês que compreendem a Canoagem Brasileira, além dos presidentes de federações estaduais que também mostraram seus resultados atingidos regionalmente. 
 
Também foi eleito dois membros de federações que farão parte do novo Conselho de Administração da CBCa em prol da governança de democratização da modalidade, Rubens Mario Faro Pompeo da Federação Brasiliense de Canoagem e Rafael Girotto da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul são os escolhidos
 
Projeto Canoagem Para Todos
Foi apresentado aos presentes um novo projeto da Canoagem Brasileira o “Canoagem Para Todos” que vem com a proposta da melhoria na qualidade de vida, dar uma injeção de autoestima e mostrar que através do esporte podemos ir muito além das nossas limitações. “Vamos estar mais próximos das questões sociais, tanto na questão de saúde quanto de bem-estar na recuperação e reabilitação de pessoas onde a prática da canoagem poderá ajudar”, diz João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem.
 
 
Entre uma das ações dessa nova proposta está o trabalho que já vem sendo realizado desde 2016 com mulheres sobreviventes do câncer de mama, que remam em uma canoa chamada “Dragon Boat”, no Brasil existe atualmente 10 polos, quatro entidades já fazem parte da IBCPC – Comissão Internacional dos Remadores de Câncer de Mama, entidade que regulamenta essa atividade no mundo.
 
A Canoagem Brasileira é a nova parceira desse projeto e trabalhará em conjunto na ampliação para a criação de novos polos no país. “Vai trazer um benefício tremendo na divulgação do bem de remar no Dragon Boat para essas sobreviventes do câncer de mama, esse projeto tem um leque abrangente para todos, é uma embarcação que pode ser usada tanto física quanto do lado social “, Alessandra Rodrigues Pereira, responsável pela equipe “Uma Uma”.

Filiações
Patrocínio
Apoio
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube