Notícia
12/09/2021 18:09
Canoagem Brasileira conquista três medalhas neste fim de semana
Ana Sátila levou a prata no K1 Extremo durante a Copa do Mundo de Canoagem Slalom e na Canoagem Velocidade foram dois bronzes, no C1 200m e no C2 200m na prova do Olympic Hops em Racice na República Tcheca

O Brasil garantiu três medalhas em dois eventos internacionais da canoagem neste fim de semana. Na disputa da Etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom em Pau na França, Ana Sátila levou uma prata pelo K1 Extremo, na última semana a atleta também subiu ao pódio com um bronze na etapa disputada em La Seu d’Urgell na Espanha. Pela Canoagem Velocidade a competição foi o Olympic Hops disputada em Hacice na República Tcheca, Evely Gomes no C1 200 metros conquistou a medalha de bronze e no C2 200 metros ao lado de Radija Ferreira também veio mais um bronze.
 
Sátila está disputando sua segunda competição na Europa depois dos Jogos Olímpicos, a Etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom em Pau na França começou na sexta-feira (10), ela competiu em três categorias: K1, C1 e K1 Extremo. A medalha de prata veio na K1 Extremo, essa modalidade vai entrar no cronograma olímpico de Paris 2024.
 
Além de Sátila, Pedro Gonçalves e Mathieu Desnos eram os representantes brasileiros na competição, ambos disputaram o K1 e o K1 Extremo. Mathieu chegou a semifinal no K1 e terminou na 12º posição. Pepe ficou nas classificatórias tanto do K1 quanto do K1 Extremo.
 
Nova geração da Canoagem Brasileira faz bonito em Racice
As outras duas medalhas de bronze vieram pela Canoagem Velocidade no evento realizado na República Tcheca, o Olympic Hopes Regata, uma disputa da modalidade onde estiveram presentes diversos atletas de várias partes do mundo. O Brasil contou com três canoístas que fazem parte da Equipe Nacional Permanente de Capitólio/MG.

Evely Gomes subiu ao pódio duas vezes, a primeira pelo C1 200 metros e também no C2 200 metros ao lado de Radija Ferreira, foram duas medalhas de bronze conquistadas pela Canoagem Brasileira.
 
 
“Eu estou muito feliz com as medalhas, foi muito importante representar o Brasil bem. Agradeço ao nosso treinador Figueroa e todos que torceram pela gente”, fala Evely. “Fiquei feliz em levar uma medalha para o Brasil foi uma experiência incrível”, completa Radija.
 
Além de Evely e Radija, o atleta Jonatas Coutinho também estava em Racice e chegou a duas semifinais na canoa individual, ele ficou em sexto lugar tanto na distância dos 200 quanto dos 1000 metros. Para o treinador Figueroa Conceição que estava acompanhado também do treinador Ronilson Matias essa foi uma grande experiência e também mostrar que a Canoagem Brasileira já está consolidada pensando neste próximo ciclo olímpico.
 
“O objetivo da competição foi avaliar o nível de nossa base, verificar as diretrizes e acima de tudo fazer com que nossos atletas busquem sensações positivas em um grande evento internacional. Estamos com novos atletas trabalhando em um formato único e inédito, pela primeira vez o treinador da canoa principal é o responsável direto pelas equipes de base. Lauro Souza esta fazendo um trabalho fabuloso e nos fazemos parte deste time, ele elabora e nós executamos, e os atletas estão muito vem preparados”, diz.









Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus