Notícia
10/01/2023 09:30
Canoagem Brasileira - Balanço 2022 e perspectivas para esse ano
Muitos desafios que ainda estão sendo superados, bons resultados alcançados e a visão que 2023 também será desafiador

Foto: CBCa


O ano de 2022 trouxe muitos desafios para a Canoagem Brasileira, a entidade passou por um período de retorno das atividades administrativas e principalmente o reinício do circuito de competições nacionais em todas as modalidades que compõe a Confederação Brasileira de Canoagem. Para 2023 a meta é trabalhar para formar núcleos de base e dar condições técnicas para o alto rendimento, visando os Jogos Pan-americanos Santiago 2023 e campeonatos mundiais, além é claro, da contagem regressiva para os Jogos Olímpicos Paris 2024.
 
Rafael Girotto, da Confederação Brasileira de Canoagem, fez uma avaliação do ano passado da entidade. O atual presidente que assumiu a CBCa no final de 2021 teve o desafio de reestabelecer as atividades administrativas, todo o staff foi recontratado e as parcerias com o Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico do Brasil foram reestabelecidas. Mesmo assim, Girotto acredita que houveram falhas que precisam ser ajustadas.
 
‘’Em 2022 foi um ano de acertos e alguns erros, graças a Deus mais de acertos. Principalmente foi um período de grande aprendizado, temos alguns pontos que precisamos melhorar para dar mais dinamismo nas execuções e na fluidez dos projetos’’, fala.
 
O retorno das competições com um calendário esportivo completo foi o maior desafio em 2022, o ano iniciou com as sombras do fim do período da pandemia. Mesmo assim, com protocolos bem elaborados as competições puderam acontecer com fluidez. Foram realizados ao todo 28 eventos no país, sediados na Bahia, Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Em 2023, a expectativa é obter um crescimento das competições.
 
“O calendário já está quase 100% pronto, será um ano cheio de competições nacionais e internacionais, mas pretendemos não focar muito na quantidade dos eventos e sim na qualidade”, diz.
 
Internacionalmente o Brasil conseguiu bons resultados, destaca-se a medalha de prata com Isaquias Queiroz no C1M1000m no Mundial de Canoagem Velocidade, em Halifax no Canadá. Na Paracanoagem foi uma chuva de medalhas na mesma competição, o Brasil terminou em terceiro lugar no ranking geral, conquistando um ouro, duas pratas e um bronze.
 
Pedro Gonçalves, na Canoagem Slalom, garantiu dois bronzes em Copas do Mundo, nos Jogos Sul-americanos Assunção 2022, a Canoagem Brasileira brilhou, foram cinco medalhas de ouro, duas pratas e cinco bronzes nas duas modalidades participantes: Canoagem Slalom e Canoagem Velocidade. 
 
Desafios para 2023
Neste ano acontece o maior evento esportivo do continente, os Jogos Pan-americanos Santiago 2023, entre outubro e novembro. A Canoagem Brasileira vai ter atletas tanto na Canoagem Slalom, Caiaque Cross e na Canoagem Velocidade. O circuito nacional e internacional estará com força total, Girotto avalia que o desafio é complexo.
 
“Será um ano de grandes desafios com o Jogos Pan-americanos, temos os nossos problemas financeiros do passado, mas com toda certeza o principal desafio é conquistar o maior número de vagas para Paris em 2024. E faremos o melhor possível para dar as melhores condições para nossos atletas conquistarem as vagas”, explana.
 
O presidente comentou o que ainda é um grande desafio para modalidade. “Não deixarmos que os atletas fossem prejudicados pelos problemas financeiros e jurídicos da entidade, acho que estamos no caminho certo, estamos resolvendo os problemas e o esporte está acontecendo’’, explica, pois, a CBCa ainda tem muitas questões financeiras a serem ajustadas de anos passados, situações que precisam uma atenção e uma articulação constante.
 
Girotto conclui deixando um recado para a comunidade da Canoagem Brasileira. “O recado que eu deixo é que a canoagem está se reerguendo e que graças ao empenho de toda a comunidade, nós ainda estamos vivos e tenho certeza que esse é o segredo para 2023, nos unirmos em prol do nosso esporte para levar a canoagem para mais longe ainda do que ela já foi”, finaliza.    









Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus