Notícia
13/11/2017 16:30
Brasileiros encaram Campeonato Mundial de Canoagem Oceânica no próximo sábado (18)
Seleção brasileira em busca do título mundial de Canoagem Oceânica na disputa que acontece em Hong Kong

A equipe brasileira de Canoagem Oceânica embarcou rumo a Hong Kong, para disputar a 3ª edição do ICF ORWC (Ocean Racing World Championship). Atualmente a competição é disputada a cada dois anos, mas a partir de 2018 ela passará a ser realizada todos os anos. A primeira edição da competição ocorreu em Portugal no ano de 2013, a segunda no Tahiti em 2015, e depois de Hong Kong ser a sede deste ano será a vez da França receber a competição. Paralelamente acontece o Circuito Mundial, que é disputado em 4 provas ao longo do ano em diversos países formando o Top 30 mundial que seleciona atletas para a disputa do ICF ORWC.
 
Aproximadamente 20 países e 200 atletas estão inscritos para o Mundial, e os países que não classificam atletas no Circuito Mundial, que é o caso do Brasil, têm o direito de inscrever 2 atletas por categorias. A competição conta com disputas em quatro categorias para homens e mulheres: Júnior (U18), Sub-23 (U23) e Open, além da prova de Masters que é aberta à todos independente de classificação no Circuito Mundial. A disputa, individual em embarcações surfski, será acirrada e os brasileiros encontrarão pela frente os favoritos Sean Rice (RSA) - campeão mundial de 2013, Cory Hill (AUS) - campeão mundial 2015, Jasper Mocke (RSA) - atual líder do Circuito Mundial, entre outros grandes nomes do cenário mundial.
 
O formato da prova é downwind, onde a largada acontece em um ponto e a chegada em outro, em um percurso de até 30 km, que aproveita ondas e ventos favoráveis, proporcionando surfar as ondulações atingindo velocidades superiores a 20km/h, dependendo das condições climáticas do local. O atleta que realizar o percurso no menor tempo sagra-se campeão mundial.
 
A seleção brasileira é composta por Luiz Wagner Pecoraro - vice-campeão brasileiro e Alexandre Felipe do Nascimento Ferreira - terceiro brasileiro e que tem a missão de ser o chefe da equipe brasileira, ambos na categoria Open, João Pedro Vieira Miguel na categoria Junior e Victor Cesar Levy na categoria Master F 60-64 anos.
 
Luiz Wagner, Alexandre Felipe e João Pedro receberam o apoio da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis, que custeou as passagens aérea dos atletas. Victor Cesar Levy também recebeu ajuda de custo através da Prefeitura Municipal de Ilhabela, o que demonstra a importância do poder público no esporte. A Câmara Municipal de Angra dos Reis, fez uma menção aos atletas da cidade pelos seus resultados na Canoagem Oceânica brasileira e no rumo ao mundial em Hong Kong.
 
 
"A expectativa de medalha é grande, enviamos alguns dos melhores atletas que temos no Brasil com potencial para brigar pelo título. Luiz Wagner, Alexandre Felipe e Victor Levy tem experiência em mundiais pois disputaram em 2015 no Tahiti e essas passagens anteriores em competições desse porte faz toda a diferença", comenta Jefferson Sestaro - supervisor da modalidade Oceânica pela CBCa.
 
A competição acontece neste sábado (18/11) e domingo (19/11) e encerra o calendário de competições da modalidade no ano de 2017.
 
Mais informações:
 
 

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +