Notícia
23/04/2017 21:04
Brasil é campeão sul-americano na Colômbia
A equipe brasileira conquistou 54 medalhas no total, sendo 32 de ouro

A Seleção Brasileira de Canoagem Velocidade e Paracanoagem encerrou hoje (23) sua participação no Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2017, em Paipa, na Colômbia, confirmando sua hegemonia na América do Sul e se consagrando campeã geral, seguida da Argentina e da Colômbia. No total foram 54 medalhas, sendo 32 de ouro, 14 de prata e oito de bronze. Neste último dia de disputas foram realizadas as provas de 200m e mais uma vez o Brasil dominou a maioria das provas.

Caiaque
Nas provas de K4 200m a equipe Junior conquistou o ouro no masculino com os atletas Vitor Navarro, Matheus Moia, Marcos Scolaro e Willian Silva. No feminino as atletas Emilly Schellworth, Silvia Portella, Debora Garcia, Isadora Ribeiro ficaram com o bronze. Na categoria Sênior o Brasil formado por Vagner Souta, Roberto Maehler, Edson Silva e Celso Dias, ficou com a prata.  O ouro ficou com a Argentina e o bronze com o Uruguai.

No K1200m o Brasil garantiu mais quatro medalhas, duas de ouro com o atleta Marcos Scolaro, na categoria Junior e com Bruna Domingues na Sub-23. “Fiquei muito feliz em fechar as competições de K1 com três ouros, meu primeiro ano de Sênior e já ter este resultado”, comentou a Bruna.

As pratas vieram com o atleta Edson Silva na categoria Sênior e com Gilmar Junior na Sub-23. Destaque para a prova de K1 Sênior que teve a presença de dois atletas olímpicos na raia: o brasileiro Edson Silva e o equatorino Cesar de Cesare. “Foi muito boa para mim (a prova). Lógico que gostaria do ouro, mas ele acabou me passando no final. Com esta prova pude ter um parâmetro do que eu cresci e do que posso mudar para o próximo ciclo”, explicou Edinho.



Já no K2 o dia foi de medalha de ouro com Matheus Moia e Marcos Scolaro, no Junior; prata com Edson Silva e Roberto Maehler na Sênior; e bronze com Isadora Ribeiro e Silvia Portella, na Junior.

Canoa
Hoje nas provas de canoa o Brasil conquistou medalhas em todas as provas disputadas, mostrando a boa fase e o trabalho da equipe. No total foram sete ouros e um bronze.

Nas disputas de C1 200m Isaquias Queiroz e Valdenice Conceição (Sênior), Jack Godmann (Junior) e Milton Oliveira (Sub-23) conquistaram o ouro. A atleta Tânia Paixão ficou com o bronze na categoria Junior.

No C2 200m foram três ouros com as duplas: Isaquias Queiroz e Erlon Santos (Sênior), Angela Silva e Andreia Oliveira (Sênior) e Helton Silva e Savio Vieira (Junior). Para a canoísta Angela Silva a prova foi um desafio e um teste de mudança de posições, “o resultado foi o esperado por a gente estar treinando mais esta distância, mas estávamos ansiosas porque mudamos a posição. Eu fui para trás na embarcação (canoa dupla) e a Andreia para frente, mas gostamos muito do resultado, foi melhor do que imaginávamos”.

Paracanoagem
Para a Paracanoagem, que fez sua participação no dia de ontem, o resultado foi muito bom e proveitoso. Foram disputadas seis provas e conquistadas seis medalhas, sendo cinco de ouro e uma de prata. Para o supervisor da modalidade, Leonardo Maiola, a participação no campeonato é importante para o novo ciclo paralímpico no âmbito sul-americano. ”Colocamos à prova a supremacia da nossa equipe. Mostramos a evolução e a força da canoagem brasileira em nível regional.”

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +