Notícia
21/06/2018 14:30
Brasil disputa Copa do Mundo de Canoagem Slalom na Eslováquia
Com oito atletas na competição a prova abre o calendário internacional de competições para os atletas brasileiros em 2018

Começou nesta quinta-feira (21) a 1ª Etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom, a competição está acontecendo em Liptovsky Mikulas na Eslováquia. O primeiro dia foi de classificatória para o K1 Extremo Cross e nessa sexta-feira (22) começam as provas do K1 e C1 Masculino e Feminino. O Brasil contará com oito atletas: Ana Sátila, Omira Estácia, Pedro Gonçalves, Fábio Rodrigues, Guilherme Mapelli, Felipe Borges, Gustavo Selbach Júnior e Kauã Silva. Essa é a primeira competição internacional do ano para os brasileiros que ficarão ainda mais um mês na Europa.
 
As irmãs Ana Sátila e Omira Estácia estão na expectativa de competirem na Europa juntas pelo segundo ano consecutivo. Sátila mais experiente vem embalada com duas medalhas do Mundial do ano passado, o bronze no C1 e a prata no K1 Extremo Cross. Agora pretende agora dar uma boa largada nas Copas do Mundo. “Consegui realizar um bom ciclo de treinos tanto França quanto no Rio, isso pode ser um diferencial”, diz. Já Omira aproveita a experiência adquirida para melhorar seus índices. “Foi um bom aprendizado ano passado e esse ano quero crescer mais”, comenta. As atletas irão disputar três provas: K1 e C1 Feminino e o K1 Extremo Cross.
 
Pela disputa do K1 Masculino Pedro Gonçalves avalia que essa temporada teve um diferencial. “Tivemos um treinamento forte na pré-temporada, isso é bom porque chegamos com o gás total”, esclarece. Além de Pepe, Guilherme Mapelli e Fábio Rodrigues completam o trio do caiaque. Para Mapelli o maior desafio é manter o nível em todas as competições, “sem altos e baixos, procurando fazer uma prova melhor que a outra”. Já Rodrigues não vê a hora de competir, ele retorna as disputas internacionais depois de ficar fora das temporadas 2016 e 2017. “Estou tecnicamente melhor, bem mais constante”, comenta.
 
Felipe Borges, Gustavo Selbach Júnior e Kauã Silva competirão pelo C1 Masculino. Kauã estreia em Copas do Mundo, o atleta está na ansiedade para os próximos desafios da sua carreira e quer fazer boas provas. “Vou pensar mais em fazer e aplicar as técnicas que já aprendi na água, e descer sem toque”, afirma. Borges quer continuar crescendo, ele obteve o melhor resultado da carreira no Mundial do ano passado na França quando conseguiu chegar a semifinal e ficou em 25º lugar e agora quer também superar esse índice nas Copas. “Estou bem focado, mais experiente, acredito que farei boas provas”, comenta.
 
Para o técnico brasileiro Cássio Ramon Petry a equipe está se adaptando bem a pista, “é uma das primeiras pistas construídas para a Canoagem Slalom, esperamos ter bons resultados”, lembra. Além de Cássio, Ricardo Taques, auxiliar técnico também acompanha a equipe brasileira na Europa. As provas irão até domingo (24).
 
Boa estreia brasileira no K1 Extremo Cross
 
Logo na abertura da competição os brasileiros já tiveram bons resultados nas classificatórias do K1 Extremo Cross. Pedro Gonçalves foi o terceiro melhor colocado, com o tempo de 29.84 segundos, atrás apenas do russo Pavel Eigel (29.42) e do neozelandês Mike Dawson (29.64). Já na disputa do feminino Ana Sátila terminou as eliminatórias com o melhor tempo: 32.14 segundos. Martina Wegman, da Nova Zelândia, ficou em segundo, com 32.22 e Gabrielle Ridge, da Grã-Bretanha ficou na terceira posição. As disputas do K1 Extremo Cross serão retomadas apenas no domingo (24).
 
Seletiva para o Mundial na Europa no K1 Extremo Cross Masculino
 
A Confederação Brasileira de Canoagem definiu junto com os atletas masculinos que estão competindo na Europa que haverá uma seletiva para saber quem irá representar o Brasil no Mundial de Canoagem Slalom no Rio de Janeiro em setembro. São quatro atletas que irão fazer um revezamento nas quatro etapas das Copas do Mundo. Na primeira disputa na Eslováquia Pedro Gonçalves e Felipe Borges estarão na água. Fábio Rodrigues compete com Borges na 2ª Etapa e com Pepe na 3ª Etapa. E na 4ª e 5ª Etapa o atleta Charles Corrêa será inscrito com quem obteve a melhor posição até então.

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +