Notícia
03/09/2017 01:09
Ana Sátila ganha medalha de ouro inédita em Ivrea na Itália
A conquista veio na categoria K1 Extreme Feminino a nova modalidade da Canoagem Slalom

Feito inédito! Ana Sátila conquistou na manhã deste domingo (03) uma medalha de ouro no K1 Extreme Feminino, uma nova modalidade da Canoagem Slalom, a brasileira disputou com a final com duas americanas e uma tcheca. Além desta medalha, ela chegou a duas semifinais na 4ª Etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom em Ivrea, na Itália. Pedro Gonçalves, Charles Corrêa também trouxeram bons resultados para o país, agora as atenções se voltam para a competição que acontecerá no próximo fim de semana em La Seu d´Urgell na Espanha.
 
Ana Sátila foi a mais rápida no K1 Extreme Feminino, ela venceu a tcheca Amalie Hilgertova e as americanas Sage Donnelly e Tracy Hines, em uma disputa emocionante. “Estou muito feliz, muito obrigado a todos pela torcida, vou continuar sempre dando o meu melhor para conquistar bons resultados ao Brasil”, agradece a atleta. A modalidade “Extreme” que também já foi chamada de “Caiaque Cross” entrou ano passado no circuito de competições internacionais da Canoagem Slalom, ela consiste em uma bateria de tomadas de tempo nas classificatórias e as semifinais e finais são realizadas com quatro embarcações descendo simultaneamente em um percurso com balizas, ganha quem chega primeiro no final da prova.  
 
Um pouco antes as cinco horas da manhã pelo horário de Brasília (10 horas da manhã na Itália) ela disputou a semifinal do K1 Feminino e fechou a prova em 106.45 segundos com um percurso sem penalidades mas ficou em 12º lugar e não garantiu vaga na final. Ontem, sábado (02), ela já havia disputado outra semifinal no C1 Feminino, onde também ficou perto da classificação para a final, mas ao terminar sua descida a arbitragem incluiu a penalidade máxima, alegando que a atleta não passou pelo obstáculo “10”, com isso o seu tempo foi de 177.65 segundos e garantiu a 26º posição.
 
Já Pedro Gonçalves disputou a semifinal do K1 Masculino e chegou perto de estar pela primeira vez na final de uma etapa da Copa do Mundo. “A pontinha do meu remo pegou na baliza 20, se não tivesse tocado eu estaria entre os dez. Estamos trabalhando forte para conseguir chegar na tão sonhada final”, comenta Pepe, que ficou em 17º lugar.
 
Charles Corrêa foi a semifinal do C1 Masculino, o atleta ficou em 25º lugar, “tive alguns erros técnicos que estou analisando, mas acredito que depois dessa avaliação posso buscar mais uma semifinal na Espanha também”, diz.
 
Agora é La Seu d´Urgel
 
Os atletas partem nesta segunda (04) para mais um desafio, a última etapa da Copa do Mundo que será realizada em La Seu d´Urgell, na Espanha, no próximo fim de semana. A equipe ganhará reforço, estão a caminho da Europa os atletas Renan Soares, Leonardo Curcel e Omira Estácia, acompanhados do fisioterapeuta Diórgines Antunes. Os brasileiros ficarão na Europa até o início de outubro onde participarão ainda do Mundial de Canoagem Slalom que acontecerá em Pau, na França, entre os dias 27 de setembro a 01 de outubro.
 

Equipe Brasileira na Europa
 
Equipe Técnica
Denis Terezani – Chefe de Equipe
Cassio Ramon Petry – Técnico
Diórgines Antunes – Fisioterapeuta
 
Atletas
Ana Sátila
Anderson Oliveira
Charles Corrêa
Felipe Borges
Guilherme Mapelli
Pedro Gonçalves
Renan Soares
Leonardo Curcel
Omira Estácia
 

Governo do ParanáSaneparJMaluceliBolsa AtletaComitê Olímpico Brasileiro Comitê Paralímpico Brasileiro International Canoe Federation Internation Rafting Federation Pan American Canoe Federation Confederacion Suramericana de Canotaje Banco Nacional do Desenvolvimento Lei de Incentivo ao Esporte GE Itaipu Binacional Governo Federal
Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus BNDES Facebook Flickr Youtube Google +