Notícia
26/06/2022 06:06
Ana Sátila chega em duas finais na Eslováquia
A brasileira ficou em 9º no caiaque e em 10º na canoa, ela competiu a 3ª Etapa da Copa do Mundo em Tacen. Já na Itália, Beatriz da Motta garante um bronze no Aberto Europeu Sub-23

FOTO: Acervo Redes Sociais - Ana Sátila


Neste fim de semana aconteceu a disputa da 3ª Etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom em Tacen na Eslovênia. Ana Sátila garantiu duas finais para o Brasil, no sábado (25), ela disputou a semifinal e a final do K1. Entre as finalistas, a atleta estava fazendo um percurso sem penalidades, mas não passou pela baliza 14 e tomou a penalidade máxima, que acrescentou 50 segundos ao seu tempo final o que a deixou na 9º colocação.
 
Pela disputa do C1, que aconteceu no domingo (26), Sátila também garantiu o feito de disputar a final, na sua prova acabou tendo quatro toques nas balizas: 04, 05, 12 e 13, com isso fechou o tempo em 129.38 segundos e ficou na 10º colocação.
 
Em Tacen também teve dois atletas do Brasil nas provas do K1 e no K1 Extremo, Mathieu Desnos e Pedro Gonçalves disputaram a semifinal do K1 que aconteceu no sábado (25). Mathieu ficou na 22º posição e Pepe em 37º, com essa colocação eles não foram para a final. Já pelo K1 Extremo, Pepe chegou em 21º e Desnos em 38º.
 
 
Depois da temporada de três finais de semana seguidos disputando três Copas do Mundo, o trio de atletas começam a preparação final para o Mundial de Canoagem Slalom que acontecerá em Augsburg na Alemanha entre os dias 26 a 31 de julho. Eles estão desde abril participando de uma série de provas europeias e também de eventos organizados pela Federação Internacional de Canoagem que serviram como uma boa base de treinamento e preparação para esse momento de disputas. A equipe está acompanhada do treinador e chefe de equipe Ettore Ivaldi.  
 
Em Ivrea na Itália, Beatriz da Motta pelo C1 Sub-23 conquista um bronze
Enquanto a equipe sênior dá uma pequena pausa, os atletas da categoria sub-23 estão a todo o vapor em Ivrea na Itália para a preparação do Mundial Júnior & Sub-23 de Canoagem Slalom que acontece no município italiano entre os dias 05 a 10 de julho. A equipe é formada por Beatriz da Motta, Omira Estacia, Kauã da Silva, Murillo Sorgetz e Guilherme Rodrigues, o treinador e chefe de equipe é Ricardo Taques.
 
E neste fim de semana os brasileiros participaram do Aberto Europeu de Canoagem Slalom Júnior & Sub-23, e veio medalha de bronze com Beatriz da Motta no C1 Feminino Sub-23. O evento foi um misto de provas. No sábado (25), Bia disputou da prova tradicional da Canoagem Slalom que conta com 21 portas na água e ficou em 5º lugar.
 
 
No domingo (26), a disputa foi em novo formato de prova da Federação Internacional de Canoagem que está sendo chamada em inglês de “Canoe Slalom Speed”, essa competição conta com metade dos obstáculos na água, em Ivrea a pista contou com 11. Um toque do atleta na baliza equivale a penalidade de 1 segundo no tempo final (diferente da prova tradicional que se soma 2 segundos),  o percurso é montado com 2 a 4 remontas (balizas vermelhas onde o atleta realiza um giro contra corrente). Nessa bateria, Beatriz ficou em 2º lugar, o resultado geral foi uma soma de pontos das duas descidas, e com isso ela garantiu a 3ª colocação e subiu no pódio.
 
 
Omira Estacia competiu na categoria Sub-23 e ficou em 4º lugar no C1, no K1 uma penalidade de 50 segundos a tirou da disputa pelo pódio. Murillo Sorgetz no K1 Masculino Sub-23 ficou em 10º lugar, na mesma prova, Guilherme Rodrigues terminou em 12º. Kauã da Silva teve uma pequena lesão no ombro e foi poupado pela equipe técnica.









Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus