Itaipu Open de Rafting / R4 Pre-World Rafting Championships - CANCELADO - Foz do Iguaçu - PR
16/09/2013 - 22/09/2013
Hidrelétrica de Itaipu / Itaipu Powerplant

Hidrelétrica de Itaipu
 
A Usina Hidrelétrica de Itaipu é a maior do mundo em operação. Sendo uma empresa Binacional desenvolvida em conjunto por Brasil e Paraguai no Rio Paraná. A força gerada na Usina é de 14.000 MW (megawatts), com 20 unidades geradoras de 700 MW cada uma. A produção recorde do ano 2000 - 93.4 bilhão kilowatt- hora (kWh) - foi responsável por 95% da energia elétrica consumida no Paraguai e por 24% da demanda total Brasil.
 
A construção de Itaipu é resultado de intensas  negociações entre os dois países que aconteceu na década de 60. No dia 22 de junho de 1966, os ministros de relações internacionais do Brasil, Juracy Magalhães; e do Paraguai, Pastor de Sapena, assinaram  o “ato de Iguaçu”, uma decisão em comum que declarou a intenção de  estudar o desenvolvimento dos recursos hidráulicos que pertencem no condomínio a ambos os países na seção do rio de Paraná,incluindo as quedas do Sete Quedas mais a baixo próximo ao rio  “Iguaçu”. Em fevereiro do ano seguinte, as comissões técnicas brasileiras e paraguaias criaram e executaram o “ato de Iguaçu”, esta parceria relacionou estudos e desenvolvimento do rio Paraná.
 
Em 1970, o consórcio formado pelas empresas IECO (dos Estados Unidos da América) e ELC (da Itália) ganhou os encargos internacionais para estudos e para praticabilidade do projeto. O trabalho começou em fevereiro de 1971. Em 26 de abril de 1973 o Brasil e o Paraguai assinaram o tratado de Itaipu, o instrumento legal para o desenvolvimento hidrelétrico do Rio Paraná por ambos os países. Em maio de 1974, a entidade de Itaipu Binacional (BI) foi criada para controlar a construção da usina. O começo efetivo dos trabalhos ocorreu em janeiro do ano seguinte.
 
Em seus mais de 30 anos,  a Itaipu Binacional coleciona, além da publicação na lista das sete maravilhas do mundo moderno, muitos prêmios e menções pelo seu desempenho nas áreas de comunicação social, meio ambiente, recursos humanos, responsabilidade social e tecnologia.
 
Informações do local oficial (www.itaipu.gov.br)
 

 
 
Itaipu Powerplant

The Itaipu Hydroelectric Power Plant, the largest in operation in the world, is a binational enterprise jointly developed by Brazil and Paraguay in the Paraná River. The installed power of the Plant is 14,000 MW (megawatts), with 20 generating units of 700 MW each. The production record of the year 2000 - 93.4 billion kilowatt-hours (kWh) - was responsible for the supply of 95% of the electric power consumed in Paraguay and 24% of the total demand in the Brazilian market.

The Itaipu Power Plant is the result of intensive negotiations between the two countries, that took place in the 60’s. On June 22nd 1966, the Ministers of Foreign Affairs of Brazil, Juracy Magalhães and of Paraguay, Sapena Pastor, signed the "Act of Iguaçu", a joint statement that declared the intention to study the development of the hydraulic resources belonging in condominium to both countries, in the section of the Paraná River "from and including the Falls of the Sete Quedas down to the mouth of the Iguaçu River". In February of the following year, the Brazilian - Paraguayan Joint Technical Commission was created to implement the "Act of Iguaçu" in the portion relating to the study of the development of the Paraná River.

In 1970, the consortium formed by the firms IECO (of the United States of America) and ELC (of Italy) won the international tender for carrying out feasibility studies and preparing the design of the project. Work commenced in February of 1971. On April 26th of 1973, Brazil and Paraguay signed the Treaty of Itaipu, the legal instrument for hydroelectric development of the Paraná River by both countries. In May of 1974, the Itaipu Binational (IB) entity was created to manage the construction of the power plant. The effective commencement of the works occurred in January of the following year.

In its more than 30 years, Itaipu Binational collects, beyond the publication in the list of the seven wonders of the modern world, by the North American Association of Civil Engineers (Asce), in 1995, in the magazine "Popular Mechanics", of the United States, many prizes and mentions of recognition for its performance in areas as Social Communication, Environment, Human Resources, Social Responsibility and Technique.

Information from Official Site ( www.itaipu.gov.br )















Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus