Jogos Sul-americanos 2022 - Canoagem Velocidade - Assunção - PRY
11/10/2022 - 13/10/2022
Notícia
08/11/2022 06:11
COB apresenta oportunidades profissionais do esporte para alunos de escolas públicas
Quase mil adolescentes participaram nesta segunda, 7, do “Esporte Cria”, evento do Transforma, programa de promoção de Valores Olímpicos, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado do Rio

Foto: Alexandre Loureiro/COB

“Criatividade cria cultura. Cultura molda valores. Valores determinam o futuro.” Com esse mote, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) promoveu o “Esporte Cria”, evento que apresentou para quase mil adolescentes que cursam o ensino médio em 24 escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo foi mostrar que dá para trabalhar com o esporte sem ser atleta ou técnico. A abertura foi feita pelo presidente Paulo Wanderley, que contou parte de sua trajetória.
 
“Desde os 10 anos de idade que minha vida é esporte. Tudo que eu tenho foi o esporte que me proporcionou. Fui atleta, fiz o curso de Educação Física e me tornei treinador, e depois gestor esportivo. Educação Física não é só ir pra escola e dar aula. São muitas oportunidades que o esporte proporciona como advogados, fotógrafos, comunicadores, dentre outros. O esporte cria oportunidades como foi para mim, um novo mundo se abriu. Eu espero que esta tarde de hoje possa despertar sonhos e desejos, e que vocês tenham disciplina e força para correr atrás deles e aproveitarem as oportunidades que surgirem”, disse o técnico campeão olímpico em Barcelona 1992.
 
O evento é uma iniciativa do Transforma, programa de promoção dos Valores Olímpicos do Comitê, em parceria com a Secretaria de Educação do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Entre as profissões do ambiente esportivo estão médicos, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, massoterapeutas, advogados, fotógrafos e comunicadores esportivos, produtores de eventos, DJs, gestores, dentre outras. Uma atmosfera de muita energia e alegria tomou conta da Grande Sala, na Cidade das Artes, zona oeste do Rio de Janeiro.
“Estamos muito felizes com a realização do evento. A gente teve inspiração em outros eventos para estudantes, mas faltava um para os esportes. Eles não têm essa clareza de que existem muitos profissionais envolvidos em todo o sistema esportivo. Nos esforçamos pra ter uma programação divertida, que incentivasse as interações tanto no palco quanto nas redes sociais”, disse Carol Araújo, gerente de Cultura e Valores Olímpicos do COB.
 
“Eu vejo várias vantagens pros estudantes em um evento como esse. Queria parabenizar ao COB porque foi um trabalho feito com muito tato, considerando as demandas e necessidades deles. O formato do evento em palestras curtas, não deixaram os adolescentes ficar entediados. Apresentar possibilidades de empregos é muito importante para eles e hoje, especialmente, pudemos conhecer muitas coisas novas. Muitos deles ainda não decidiram o que vão fazer na graduação, nem se vão fazer e, tenho certeza, que o evento vai ajudá-los muito”, disse Gisele Tortorella, da Superintendência de Projetos Estratégicos, da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro.
 
Inspirado em feiras e guias do estudante e no TedTalk, o Esporte Cria teve a participação de diversos profissionais do ambiente esportivo. A apresentação foi feita pela professora e influencer Carol Mendonça. As palestras contaram com Wander Roberto, fotojornalista em seis Jogos Olímpicos; de Taciana Pinto, educadora física e gestora esportiva; Mariany Nonaka, ex-atleta e advogada; Thiago Chalub, médico do esporte; Amanda Lima, fisioterapeuta; Renata Parra, nutricionista; Eduardo de Cillo, psicólogo; Rui Raggio, massoterapeuta. A jornalista Bárbara Coelho foi entrevistada por uma das estudantes.
 
“Uma experiência nova pra mim, mas eu gosto de me comunicar. Pratico handebol, mas parei durante a pandemia. A Bárbara também parou o esporte, mas seguiu com uma carreira ligada a isso. Ela me inspira muito. Estar no palco foi um misto de emoção e nervosismo, mas foi muito bom, vou levar isso para sempre, nunca vou esquecer essa experiência”, disse Maria Madalena, 17 anos, da Escola Monteiro de Carvalho, em Santa Teresa.
Também houve apresentações do boxe e do breaking, com a participação de alunos no palco. Mas o ponto alto do evento pode ser considerado a participação de Rafaela Silva, campeã olímpica na Rio 2016 e dona de dois títulos mundiais, o último deles conquistado há poucas semanas. A representante dos atletas no evento não conteve as lágrimas ao falar sobre sua trajetória e emocionou a todos que assistiam.
 
“Gostei muito de tudo, o evento foi lindo e impressionante. Acho bem legal ter essa oportunidade de conhecer esse outro lado do esporte. Mas o que eu mais gostei mesmo foi do final, com a Rafaela falando. Ela é um grande exemplo de superação, de como superar os obstáculos", disse João Vitor, 17 anos, do CIEP 119, em Austin, bairro do município de Nova Iguaçu.
 
“Foi muito emocionante para mim. Acredito que vai agregar bastante para a vida desses jovens. Quando eu tinha a idade deles, eu não tinha o conhecimento de fora da comunidade, ali era meu mundo. Achava que não teria oportunidades. E é por isso que eu acho que esse evento é bastante importante para eles terem esse contato, essa troca, ver as profissões, fazer uma faculdade. E, para mim, é muito legal ter esse carinho. Agrega para os dois lados”, contou Rafaela, que chorou durante seu depoimento aos alunos, muitos deles oriundos de comunidades como ela, cria da Cidade de Deus.
Mais notícias relacionadas
Data Notícia
08/11/2022 06:11 COB apresenta oportunidades profissionais do esporte para alunos de escolas públicas
12/10/2022 06:10 Canoagem Velocidade com mais prata e dois bronzes em Assunção 11/10/2022 14:00 Isaquias Queiroz e Vagner Souta conquistam duas medalhas de bronze em Assunção








Confederação Brasileira de Canoagem

Rua Monsenhor Celso, 231 - 6º andar - Centro - Curitiba - PR - CEP 80010-150
Telefone 41 3083 2600 - Fax 41 3083 2699
Apycom jQuery Menus